Arena Bitcoin: Suíça tem uma nova CriptoPolis

A partir de janeiro de 2018, Chiasso, Suíça permitirá que seus cidadãos paguem impostos em Bitcoin, seguindo a liderança de Zug.

Esta notícia veio mais cedo hoje graças a uma nota executiva publicada pelo município de Chiasso. A cidade provavelmente pretende superar seu rival Zug, também conhecido como CryptoValley (Vale da Cripto), aceitando Bitcoin como um método de pagamentos para impostos de valor de até 250 CHF, contra o limite de 200 CHF imposto por Zug.

Como você pode ler na nota oficial, o prefeito de Chiasso se encontrou com um grupo de empresários locais que escolheram esta cidade fronteiriça para localizar seus negócios. Esses empreendedores incluem a equipe da Digital Identity, na pessoa de Natale FerraraAndrea Benetton e Paolo Barrai.

Além disso, a nova "CriptoPolis" vê a participação de algumas pessoas importantes e empresas da indústria Blockchain, incluindo Eidoo, CryptoLab e Giacomo Zucco, conhecido por seu envolvimento na BHB baseada na Itália. O prefeito de Chiasso afirmou:

"Hoje, há uma comunidade reconhecida internacionalmente em Chiasso, que é o epicentro de um movimento de crescimento tecnológico e econômico para o Cantão e para toda a Suíça também. Nos últimos meses, 8 start-ups escolheram Chiasso para realizar seus negócios e mais negociações estão em andamento com outras empresas provenientes da Europa ".

O executivo também afirma que considerará a participação como sócio-fundador na formação de uma nova fundação sem fins lucrativos baseada em Chiasso, que envolverá alguns dos principais expoentes desta tecnologia disruptiva.

O município também receberá regularmente encontros dedicados a este tema, que contará com a participação de representantes internacionais a partir de outubro de 2017.