Tezos comanda votação on-chain para testar governança descentralizada com o uso de blockchain

A empresa responsável pela plataforma para contratos inteligentes e aplicações descentralizadas Tezos anunciou em seu website a realização de um processo de votação em blockchain em sua rede.

A empresa comandou uma votação de duas propostas de governança descentralizada baseadas em blockchain, apelidadas de "Atenas A" e "Atenas B". Segundo a empresa, a votação seria a primeira desse tipo a submeter-se aos procedimentos de emenda do protocolo da Tezos, projetados para implementar atualizações em todo o sistema, também conhecidas como hard forks, de forma totalmente automatizada e autogovernada.

Reunindo um total de 25.855 votos da comunidade, a Athens A ganhou a maioria das propostas, o equivalente a mineiradores em uma blockchain tradicional de prova de trabalho (PoW), com um total de 18.181 votos. A Athens A está configurada para introduzir duas alterações incompatíveis com versões anteriores à rede.

Primeiro, os limites de computação por bloco, também chamados de limites de gás, serão aumentados na blockchain Tezos para permitir um maior rendimento de transação. Awa Sun Yin, fundador da Cryptium Labs, que faz parte da rede Tezos, explicou no Medium:

“Se o limites de gás forem aumentados, permitirão mais computação em blocos e operações, o que significa que não apenas o máximo de transações por bloco poderia aumentar, mas também a complexidade das transações.”

Além disso, Mick Hagen, fundador e CEO da Mainframe confirmou ao site AmbCrypto a expectativa de aceleração do desenvolvimento em blockchain:

"Estamos presenciando uma explosão de habilidades de desenvolvedor. A comunidade de blockchain voltou-se para a construção e, nos próximos meses, com o apoio da Tezos Commons, realizaremos eventos em todo o mundo com foco em desafiar essas habilidades de desenvolvedor".

O comunicado também diz que "a Mainframe e a Tezos compartilham o compromisso principal de promover o desenvolvimento e a adoção do blockchain. Com a Fundação Tezos [organização irmã do Tezos Commons] anunciando planos para treinar 1.000 desenvolvedores em 2019, estamos ansiosos para trabalhar lado a lado para acelerar a criação de experiência dapps usando a plataforma Mainframe”.

Sobre o processo de votação, Jacob Arluck, desenvolvedor do Tocqueville Group, uma empresa que trabalha no avanço do ecossistema Tezos, disse:. “A taxa de participação votante (incluindo a não votação da Fundação Tezos) ultrapassou 80%, o quórum mínimo para o próximo período de votação!”

A governabilidade na Tezos requer um processo de múltiplos estágios e maximiza o engajamento do titular da moeda para garantir que o protocolo se mova na direção desejada pelos proprietários.

Com arrecadação recorde de captação de recursos de US$ 232 milhões em uma oferta inicial de moedas (ICO) em 2017, a mainnet da Tezos foi oficialmente lançado em setembro passado como reportado pela Cointelegraph Brasil.