Telegram vai bater o Facebook com o lançamento de seu token marcado para outubro

O aplicativo de mensagens criptografadas Telegram vai lançar sua moeda digital, o Gram, em outubro, disseram os investidores à grande mídia. 

Tokens do Telegram devem chegar em dois meses

Como noticiou o The New York Times em 27 de agosto, três investidores não identificados da oferta inicial de moedas (ICO) privada de US$ 1,7 bilhão da Telegram disseram que a empresa confirmou que emitiria os primeiros tokens dentro de dois meses.

A meta de longo prazo para os executivos é disponibilizar o Gram para todos os cerca de 300 milhões de usuários do Telegram, acrescentaram os investidores.

Caso o movimento se confirme, o Telegram bateria o Libra do Facebook com o lançamento de uma moeda digital global pública. Como observa o The New York Times, pouco se sabe sobre o Gram em nível técnico ele tem recebido pouca atenção dos reguladores, quando comparado com a forte reação ao Libra.

O escrutínio regulamentar aguarda

Ainda não se sabe como o Telegram planeja lidar con as autoridades preocupadas com uma alternativa gratuita à moeda fiduciária, mas o Telegram já enfrentou problemas em relação a Gram antes.

Como reportado pelo Cointelegraph, a empresa cancelou a fase pública de sua ICO, enquanto várias entidades estão tentando vender tokens GRAM não oficialmente, às vezes a preços inflacionados.

O Telegram venceria também uma outra entidade interessada em emitir um concorrente ao Libra: o Banco Popular da China, ou PBoC, que nesta semana anunciou que o lançamento de sua moeda digital estaria marcado para 11 de novembro ainda deste ano.