Banco de criptomoedas suíço recebe licença bancária de Cingapura

O banco suíço de criptomoedas Sygnum recebeu o aval para oferecer serviços bancários em Cingapura.

Sygnum: licença é "marco importante"

Em um post de blog de 31 de outubro, a Sygnum, que obteve uma licença bancária suíça em agosto deste ano, agora pode prosseguir com seu primeiro produto para o mercado de Cingapura.

O Sygnum foi a primeira empresa suíça a ganhar o título de banco de criptomoedas e terá como alvo investidores e instituições credenciados com um fundo para vários gestores, que também estreará em sua jurisdição local.

Aguardada há muito tempo, a documentação de Cingapura vem na forma de uma licença de serviços de mercado de capitais (CMS) da Autoridade Monetária de Cingapura (MAS), o banco central de facto da cidade asiática.

O chefe de gerenciamento de ativos da Sygnum, Stefan Mueller, comentou no comunicado de imprensa:

“A licença de CMS é um marco importante para estabelecer nosso ramo de gerenciamento de ativos, alavancando o vibrante ambiente financeiro em Cingapura. Isso é complementar a nossos serviços bancários na Suíça e também beneficiará nossos clientes suíços institucionais e investidores privados qualificados.”

Executivos revelam grande interesse suíço em cripto

Como o Cointelegraph relatou, Cingapura continua se posicionando como um ambiente amigável aos negócios de criptomoeda e blockchain.

O MAS faz parte da estrutura do governo que procura integrar as tecnologias emergentes às atividades do Estado e além, pois seu esquema financeiro do Project Ubin deve entrar em operação no ano que vem.

Enquanto isso, o Sygnum também está de olho na expansão para mercados como Hong Kong e Europa. Em setembro, Peter Wuffli, ex-chefe do UBS que agora é o CEO da empresa, sublinhou seu desejo de explorar todo o potencial do mercado de criptomoedas.

“Milhares de clientes entraram em contato conosco para um balcão único de serviços de custódia de ativos, empréstimos e negociação de criptomoedas sem sequer mencionar as moedas fiduciárias”, revelou ele.