Sumitomo e bitFlyer devem desenvolver plataforma imobiliária blockchain no Japão

A gigante comercial japonesa Sumitomo Corporation fechou parceria com a operadora da exchange cripto local bitFlyer para lançar um negócio imobiliário em blockchain.

Como o Cointelegraph Japão noticiou em 23 de julho, a bitFlyer Blockchain vai desenvolver uma plataforma "guarda-chuva" para aluguéis imobiliários, baseada em contratos inteligentes de sua blockchain nativa Miyabi. 

Falando à agência de notícias de tecnologia CNET Japan, Yuzo Kano, diretor de gestão da bitFlyer Blockchain, disse que o objetivo do projeto é permitir que as partes de um acordo de aluguel possam completar todos os processos através de um smartphone.

"Isso pode simplificar bastante o processo de contratos de aluguel de imóveis, e a empresa intermediária também pode reduzir seus custos administrativos significativamente", disse ele à publicação.

De acordo com a CNET Japan, um protótipo da plataforma deve estar disponível no final deste ano, e o lançamento completo é previsto para 2020.

A iniciativa acompanha um momento em que o potencial da blockchain de transformar o setor imobiliário de forma mais ampla começa a ganhar atenção considerável.

Como o Cointelegraph já noticiou, no mês passado Malta revelou que iria registrar todos os seus aluguéis de imóveis em blockchain, enquanto o conceito de imóveis tokenizados também começa a ganhar adoção considerável.

Na semana passada, o Cointelegraph lançou um guia dedicado sobre o atual estado do setor imobilliário e seu futuro.

A iniciativa da bitFlyer Blockchain é a primeira iniviativa neste novo mercado da matriz bitFlyer Holdings, enquanto as operações da exchange da companhia neste mês passaram a aceitar novas contas, depois de um ano de hiato para adequação à conformidade regulatória.