Atividade 'estranha' da rede Litecoin pode estar relacionada ao dust attack de agosto

O desenvolvedor de produtos Franklyn Richards testemunhou uma atividade de rede do Litecoin (LTC) que o fez lembrar o dust attack de 10 de agosto ao Litecoin.

Em uma postagem de 14 de dezembro, Franklyn Richards, desenvolvedor de produtos que trabalha com Bitcoin (BTC) e Litecoin desde 2013, descreve um padrão emergente entre os endereços de rede ativos do Litecoin.

De acordo com o desenvolvedor do produto, uma entidade desconhecida está realizando "grandes ações automáticas periódicas" na rede Litecoin, resultando em "um padrão quase semelhante ao dente de serra". Ele explica:

“Em média, a rede normalmente tem cerca de 40.000 endereços ativos por dia. Porém, de acordo com dados do bitinfocharts, a cada 7 dias esse valor sobe para mais de 70.000 antes de cair abruptamente. Isso resultou em um padrão quase em forma de dente de serra bastante evidente, dando uma olhada rápida."

Relação com o dust attack ao Litecoin de agosto?

Richards especula que o atual comportamento “estranho” da rede, que teria começado em 20 de agosto, parece estar relacionado ao dust attack de 10 de agosto anunciado através da conta oficial da Binance no Twitter à época.

Em 10 de agosto, a comunidade Litecoin estava em pé de guerra quando a Binance anunciou a notícia de um possível dust attack.

A empresa explicou que cerca de 50 endereços Litecoin da Binance receberam uma quantidade fracionária (0,00000546) de Litecoin, que a equipe de segurança da exchange identificou como parte de um dust attack em larga escala.

Um dust attack (ou ataque de poeira) ocorre quando os hackers enviam uma pequena fração de uma criptomoeda para um grande grupo de endereços. Essas pequenas frações são chamadas de dusrt (poeira, pó), pois podem ser tão pequenas quanto 1 Satoshi, que a maioria dos usuários nem percebe ou pode considerar inofensiva.

Como os saldos são tão pequenos, eles não podem ser gastos sem serem incluídos em uma transação, juntamente com os outros fundos da vítima, o que permite ao hacker rastrear e retirar o anonimato da vítima por atrás da carteira.

No entanto, Richards conclui sua postagem apontando que, sem "acesso adequado a mais ferramentas de dados para a rede Litecoin, é difícil analisar corretamente as ações por trás do comportamento".

Litecoin comemorou seu oitavo aniversário

O Litecoin comemorou seus oito anos em 13 de outubro, um evento destacado por seu fundador Charlie Lee, que vendeu e doou todas as suas participações no LTC em dezembro de 2017. Ele disse na época:

“A rede Litecoin está em funcionamento continuamente nos últimos 8 anos com zero tempo de inatividade. E nesse período de tempo, mais de US$ 500.000.000.000 em LTC foram transacionados. Estou ansioso pelos próximos 8 anos!”