Startup Revolut recebeu €11 milhões de clientes de Portugal em 2019; valores em criptomoedas ainda é baixo

A startup britânica de serviços financeiros e que permite transações em criptomoedas Revolut já recebeu €11 milhões de clientes portugueses nos primeiros 10 meses de 2019. A informação é do jornal português Público.

A fintech recebeu €11,5 milhões em suas carteiras digitais neste ano de clientes em Portugal, correspondentes a 30 mil utilizadores e mais de 43 mil "cofres", como relata a matéria. Os valores em criptomoedas, porém, ainda é baixo.

A Revolut diz oferecer opções de cartões pré-pagos que podem ser carregados e usados em transações através de cartões físicos ou virtuais, em diversas moedas, entre elas criptomoedas como o Bitcoin, Ethereum, XRP, entre outras.

Segundo o Jornal Económico, também de Portugal, os clientes portugueses da startup ainda investiram poucos milhares de euros em criptomoedas. Em Bitcoin, foram €89 mil, em XRP cerca de €50 mil, em Litecoin €15,5 mil e em Ethereum €10 mil.

Segundo declarou ao Público, a Revolut faz a custódia dos valores "em contas contas segregadas detidas por um banco parceiro de tier 1 [nível de capitais próprios/garantia de solvabilidade]. [...] No caso altamente improvável do banco parceiro da Revolut se tornar insolvente, os clientes Revolut terão garantida a restituição dos fundos destas contas segregadas e os seus pedidos serão acautelados antes de qualquer pagamento a credores”.

Como noticiou o Cointelegraph Brasil à época, a startup britânica Revolut lançou sua plataforma no Brasil no fim de setembro.

Continue lendo: