Fed de St. Louis vê futuro das criptos como classe importante de ativos e Bitcoin como ouro digital

O Federal Reserve Bank de St. Louis publicou um artigo intitulado "Uma breve introdução ao mundo das criptomoedas" com uma avaliação global favorável da moeda digital e aplicações do Blockchain para o futuro.

O artigo, escrito por Aleksander Berentsen e Fabian Schär, começa com uma comparação humorística do sistema Bitcoin (BTC) com a ilha de Yap. A pequena população da ilha tinha que manter um livro-razão virtual de quem possuía a moeda, porque suas unidades de valor eram grandes pedras quase imutáveis ​​que permaneceriam em um só lugar, independentemente da posse, e poderiam se perder no mar.

Os pesquisadores seguem os detalhes técnicos dos mecanismos da mineração de Bitcoin, a matemática por trás do hashing e como funciona o consenso da transação, promovendo a utilidade do Bitcoin como um ativo do futuro:

"É provável que ativos de cripto, como o Bitcoin, surjam como sua própria classe de ativos e, portanto, tenham o potencial de se transformar em um interessante instrumento de investimento e diversificação. O próprio Bitcoin poderia ao longo do tempo assumir um papel semelhante ao do ouro".

O documento então prevê as áreas em que a tecnologia Blockchain terá as aplicações mais eficazes, citando "moedas coloridas", um tipo de metatransação vinculada a uma transação BTC, contratos inteligentes, uma aplicação na qual o Ethereum hoje reina e a integridade de dados.

Os pontos negativos das aplicações de tecnologia Blockchain, de acordo com os pesquisadores, são o potencial de criação de forks, o enorme desperdício de energia envolvido na mineração e a volatilidade dos preços de uma moeda não centralizada.

A conclusão do documento novamente destaca o potencial de uma nova classe de ativos em moeda digital:

"Como um ativo, no entanto, o Bitcoin e os tokens alternativos baseados em Blockchains não devem ser negligenciados. A inovação permite representar a propriedade digital sem a necessidade de uma autoridade central. Isso pode levar à criação de uma nova classe de ativos que pode vir a ser um valioso instrumento de diversificação de portfólio"

Em janeiro de 2017 a presidente do Federal Reserve, Janet Yellen, falou favoravelmente sobre a possibilidade de o Fed usar o blockchain e o potencial de transações financeiras globais mais fáceis, mas não deu detalhes sobre como isso poderia ser implementado.


Siga-nos no Facebook