Cidade espanhola doa US$ 13 milhões para desenvolver tecnologias da 'indústria 4.0', incluindo blockchain

O governo da cidade espanhola de Aragão alocou mais de 12 milhões de euros (US$ 13 milhões) para o desenvolvimento da "indústria 4.0", que inclui tecnologia blockchain, inteligência artificial (IA) e outras tecnologias emergentes. A notícia foi anunciada pelo canal de notícias local La Vanguardia em 12 de fevereiro.

Os fundos - cujo montante é supostamente o dobro do inicialmente previsto - foram cofinanciados pelo Fundo Europeu de Desenvolvimento Regional (FEDER) no âmbito do Programa Operacional de Aragão para 2014-2020. A doação será destinada ao desenvolvimento de projetos de propriedade industrial e consultoria, bem como à análise e planejamento de projetos.

Os objetivos específicos do programa incluem a educação e promoção do conceito de “indústria 4.0” e tecnologias associadas. O programa pretende atrair representantes de vários setores industriais, incluindo centros de pesquisa e empresas de tecnologia para trabalhar em soluções digitais adaptadas para uso industrial.

O programa também é projetado para ajudar pequenas e médias empresas (PMEs) a incorporar a digitalização em seus processos e produtos, bem como permitir que empresas de tecnologia desenvolvam suas atividades de pesquisa e desenvolvimento para impulsionar a digitalização do setor.

Em janeiro, a Autoridad Portuaria de la Bahía de Algeciras (APBA), na Espanha, assinou um acordo no qual colaborará com a IBM em sua plataforma de envios baseada em blockchain, a Tradelens. A plataforma permitirá que a APBA troque informações e documentação de forma mais segura e eficiente entre parceiros dentro de uma cadeia de suprimentos.

No mesmo mês, a Repsol, empresa de energia com sede em Madri, relatou um teste bem-sucedido de um projeto-piloto blockchain para melhorar a qualidade da certificação de segurança de seus produtos. O uso da blockchain supostamente permitirá que a Repsol economize até 400.000 euros (US$ 450.000) por ano, reduzindo a frequência de erros.