A 'Bit-Ilha' de Jeju, na Coreia do Sul, anuncia nova iniciativa blockchain

A "Bit-Ilha" de Jeju, na Coreia do Sul, anunciou o Serviço de Pesquisa de Desenvolvimento de Hub de Cidade Blockchain em 13 de agosto.

Uma ilha com ambições blockchain

O site de notícias JejuDomin informou em 14 de agosto que Jeju anunciou o Serviço de Pesquisa de Desenvolvimento de Hub de Cidade Blockchain em 13 de agosto.

Além disso, o autor da reportagem afirmou que o provedor de serviços de nuvem Tilon vai realizar a pesquisa. De acordo com o relatório, o orçamento destinado a cobrir os custos do projeto é de 175 milhões de won (quase US$ 145.000).

Em abril, a agência de notícias local BusinessKorea reportou que Busan - a segunda cidade mais populosa do país - foi escolhida em detrimento de Jeju como o local preferido para a zona livre de restrições para blockchain na Coreia do Sul.

A ilha que não desiste

Anteriormente, Jeju esperava se tornar um centro de oferta inicial de moedas (ICO), depois de receber o status de zona livre de regulamentação. Ainda assim, os últimos desdobramentos mostram que a ilha ainda está lutando por relevância no setor de blockchain e criptomoeda.

Como parte do projeto, as partes envolvidas analisarão e investigarão casos de uso avançado para tecnologia blockchain e serviços derivados, e também desenvolverão um modelo de serviço blockchain adequado para a Ilha de Jeju. O futuro diretor de estratégia da Ilha de Jeju, Noh Hee-seop, comentou sobre o desdobramento:

“Esperamos que este serviço de pesquisa contribua para o estabelecimento de Jeju como uma cidade central que aumenta o potencial da tecnologia blockchain, a tecnologia central da Quarta Revolução Industrial.”

Depois de proibir a ICO pela primeira vez em setembro de 2017, a Comissão de Serviços Financeiros do Estado da Coreia do Sul anunciou que não vai suspender a proibição de ICOs no país no final de janeiro.

Busan procura liberar cripto local

Como o Cointelegraph relatou em julho, as autoridades da cidade de Busan estão buscando desenvolver um projeto de moeda digital baseado em blockchain em colaboração com o BNK Busan Bank, uma subsidiária da holding local BNK Financial Group.