Telecoms da Coréia do Sul e da Alemanha desenvolvem plataforma de identidade em blockchain

A maior operadora sem fio da Coréia do Sul, SK Telecom (SKT), fechou parceria com a quinta maior telecom do mundo, a alemã Deutsche Telekom, para desenvolver uma solução de identificação móvel baseada em blockchain. A notícia foi divulgada em press release da SKT em 21 de fevereiro.

Um Memorandum of Understanding (acordo entre as partes) entre as duas empresas será formalizado durante o  Mobile World Congress (MWC) 2019, que começa no dia 25 de fevereiro em Barcelona, Espanha.

A parceria irá unir os times de pesquisa e desenvolvimento e as equipes de tecnologid da SKT e da Deutsche Telekom para desenvolver uma solução de identidade móvel baseada em blockchain para comercialização, que poderá ser usada para aplicações como controle de acesso, acordos e contratos.

SKT disse à rede local The Korea Times que acredita que a identificação global baseada em blockchain irá agilizar e assegurar significativamente o processo de verificação de dados pessoais. Oh Se-hyun, que dirige a unidade de blockchain da SKT, observou:

"Identificação móvel em blockchain pode ser usada em uma variedade de áreas, incluindo logins tanto online quando em escritórios. Através dessa nova colaboração, vamos estimular a inovação da informação e tecnologias de comunicação."

A SKT declarou que muitos e-commerce existentes e outras interações web pedem aos usuários que revelem dados pessoais - como data de nascimento e número de telefone - as quais a circulação posterior foge de seu controle.

Com um sistema de blockchain encriptado, essa preocupação seria desnecessária, então provendo uma gestão de informações sensíveis mais segura e autônoma. A SKT disse aos jornalistas que as soluções de identificação baseadas em blockchain poderiam até substituir documentos governamentais, incluindo passaportes.

Prontos para demonstrar sua solução conjunta durante a MWC 2019, as empresas coreana e alemã declararam que esperam viajantes de ambos os países presentes para enfrentar uma confirmação de identidade mais eficaz com o novo sistema.

Como noticiado, a Deutsche Telekom recentemende uniu-se ao projet de blockchain open source Hyperledger da Linux Foundation, usado por diversas empresas focadas em negócios, como a IBM.

A SKT, de sua parte, participou da economia blockchain ao apoiar a exchange coreana Upbit, assim como lançar um serviço de gestão de ativos baseado em blockchain e uma plataforma de suporte a startups em blockchain em abril de 2018.