Seul implementará blockchain em documentos de identidade, revela prefeito da cidade

A cidade sul-coreana de Seul vai implementar tecnologia blockchain em seus documentos de identidade para cidadãos, publicou em 20 de maio a publicação coreana Queen.co.kr.

Park Won-soon, prefeito de Seul, participou do evento em andamento nesta semana “Korea Future Forum (KFF) 2019 & Blockchain Tech Show,” falando das conquistas da cidade na adoção de tecnologias importantes como blockchain e inteligência artificial.

O prefeito destacou o papel da blockchain no armazenamento de dados, notando que o valor dos dados "tornou-se importante como nunca". De acordo com Park, a cidade de Seul vai implementar blockchain para coletar dados urbanos e administrativos para permitir novos serviços como sistema de autenticação integrade de documentos de identidade, assim como ferramentas para acesso facilitado a diversos serviços administrativos.

Park enfatizou que as autoridades de Seul já forneceu serviços administrativos com blockchain, como votação e venda de carros

Park já mostrou-se confiante sobre a tecnologia blockchain no passado. No fim de 2018, o prefeito introduziu um plano de cinco anos para desenvolver a indústria blockchain in Seul, com o governo da cidade planejando investir US$ 12 milhões em um fundo blockchian de US$ 88 milhões.

Em fevereiro, o Governo Metropolitano de Seul anunciou uma iniciativa para investir mais de US$ 1 bilhão em startups blockchain e fintech até 2022.

Recentemente, o regulador financeiro da Coreia do Sul, a Comissão de Serviços Financeiros, autorizou nove empresas fintech a operar no país como parte de uma sandbox regulatória.