Senador Brown sobre o Libra: Uma receita para mais poder corporativo sobre os mercados

Libra é uma “receita para mais poder corporativo sobre os mercados e sobre os consumidores”, segundo o senador americano Sherrod Brown, membro do Comitê Bancário do Senado. 

Os comentários recentes do senador Brown vieram por meio de um tweet oficial do NowThis News em 16 de julho, publicado horas depois da audiência do Comitê Bancário do Senado sobre o programa Libra, do Facebook.

Brown pareceu especialmente preocupado com o fato do Facebook ganhar a capacidade de forçar as pessoas a usar seu dinheiro e jogar de acordo com suas regras. Ele comentou:

"O que acontece quando o Facebook obriga as empresas a deixar de aceitar seu cartão de crédito ou seu cartão de débito? Você pode ser forçado a usar o novo dinheiro do Monopoly. E os donos de pequenas empresas, forçados a usá-lo ou perder o acesso aos milhões de usuários do Facebook?"

Após a audiência do Senado de hoje, Brown disse à imprensa que esperava uma lei de privacidade abrangente para proteger os usuários de grandes empresas de tecnologia como o Facebook; no entanto, ele não estava confiante na direção que deveria tomar.

Como relatado anteriormente pela Cointelegraph, Ron Paul, o ex-congressista republicano e candidato a presidente pelo Partido Libertário, estava mais preocupado com os governos que detinham o monopólio do dinheiro. Paul comentou :

“Historicamente, os governos sempre têm que ter controle monopolista sobre dinheiro e crédito. Obviamente, é por isso que temos uma Reserva Federal, em vez de permitir que o mercado opere [...] os governos não são muito tolerantes com a concorrência, e nem sequer são tolerantes em usar a Constituição para competir com o dólar fiduciário. Porque ouro e prata, você não pode usá-lo.