SBI Group investe US$ 15 milhões em produtora de cartão inteligente de carteiras

A produtora de cartão inteligente de carteiras cripto Tangem recebeu investimento de US$ 15 milhões da grande empresa de serviços financeiros japonesa SBI Group, segundo reportagem do Cointelegraph auf Deutsch publicada em 24 de abril. O novo investimento permitiria a Tangem relocar sua sede para o ‘Crypto Valley’ e Zug, na Suíça.

Desde Zug, Tangem quer desenvolver novos casos de uso para cartões inteligentes físicos como uma função de versão de carteira de hardware para notas bancárias. Cada um desses smart cards carrega uma quantia fixa de criptomoeda. A empres pretende que esses cartões inteligentes sejam usados para pagamentos diários em cripto. O CEO da Tangem, Andrey Kurennykh, declarou:

“Esta é a principal missão do Tangem para levar a aplicação tecnologia blockchain para o dia a dia das pessoas. Nossa tecnologia pode ajudar muitas indústrias a se beneficiar realmente da tecnologia blockchain e tornar a vida das pessoas mais segura e melhor através de inclusão financeira e acesso a soluções de pagamento descentralizadas.”

A startup foi co-fundada pelo ex-diretor do braço de Moscou da UBS, Anselm Schmucki, e defende combinar o know-how financeiro suíço com a expertise de TI russa. Sob a liderança do CEO CEO Andrey Kurennykh, a empresa emprega 13 pessoas na Suíça, Rússia, Cingapura e Hong Kong.

Atualmente, a startup está trabalhando nas notas da aplicação Tangem, e produziu e vendeu mais de 25.000 carteiras para pessoas e empresas como Cardano e RSK.

Tangem promoveu a venda do primeiro piloto de seus cartões de carteiras na primavera de 2018. Em janeiro de 2019, a Tangem teria feito um acordo com o governo das Ilhas Marshall para emitir notas bancárias físicas para o Sovereign (SOV), a moeda digital estatal das Ilhas Marshall.