Previsão chocante do Saxo Bank para 2020: Ásia lança ativos baseados em DLT

O grande banco dinamarquês Saxo Bank previu que a Ásia lançará seu próprio ativo digital baseado em blockchain em seu novo relatório de previsões arrebatadoras para 2020.

A mais recente edição de “Outrageous Predictions” (Previsões Chocantes, em tradução livre) do Saxo Bank também prevê que o presidente Donald Trump provavelmente perderá as eleições de 2020, enquanto a Hungria deixará a União Europeia. O relatório foi divulgado em 3 de dezembro, de acordo com um "tuíte" do banco.

O Saxo Bank afirma que a Ásia lançará um novo ativo de reserva para "enfrentar uma crescente rivalidade comercial e vulnerabilidades, devido às ameaças crescentes dos EUA de armamento do dólar e seu controle das finanças globais".

O renminbi chinês será "fortemente proeminente"

Especificamente, o banco prevê que o novo ativo, chamado de direito de saque asiático, ou ADR, seja emitido pelo Banco Asiático de Investimento em Infraestrutura.

O novo ativo digital será "alimentado pela tecnologia blockchain" e baseado nas reservas regionais do banco central, enquanto seu apoio será uma cesta de moedas globais e o ouro.

Embora o renminbi chinês esteja "fortemente destacado" na combinação de moedas do ADR, o dólar dos EUA é ponderado abaixo de 20%, de acordo com a previsão do Saxo Bank. O apoio total à moeda valerá US$ 2, tornando o ADR "a maior unidade monetária do mundo", segundo o banco.

De acordo com a previsão, o movimento é "claramente" destinado a reduzir o impacto do dólar americano no comércio regional e nas economias locais. A tecnologia blockchain será implementada para fornecer estabilidade às transações de fornecimento e rastreamento de dinheiro no ADR, afirmou o Saxo Bank.

Saxo Bank é conhecido por suas previsões relacionadas à cripto

A previsão do Saxo Bank de moeda digital asiática para 2020 não é a primeira previsão do banco associada à tecnologia blockchain. De fato, o banco fez várias previsões sobre as principais criptomoedas, o Bitcoin (BTC) e outros mercados de cripto até o momento.

Em meados de abril de 2018, o Saxo Bank previu que as criptomoedas teriam um grande mercado em alta no segundo trimestre de 2018. Porém, após uma curta tendência de alta em abril, os mercados de cripto tiveram um grande movimento de baixa ao longo do segundo trimestre.

Em 2016, quando o Bitcoin estava sendo negociado entre US$ 450 e US$ 950, o Saxo Bank previu que o Bitcoin chegaria a US$ 2.100 em 2017. No final, o Bitcoin acabou atingindo sua máxima histórica em US$ 20.000 no final daquele ano.