Líderes de Arábia Saudita e Emirados Árabes Unidos confirmam futura moeda digital emitida em conjunto

O príncipe herdeiro saudita Mohammed bin Salman chegou aos Emirados Árabes Unidos (EAU) para uma visita oficial nesta quarta-feira para discutir medidas políticas conjuntas, incluindo um plano de moeda digital.

Em 27 de novembro, o The National, jornal privado nacional dos Emirados Árabes Unidos, informou que o príncipe Mohammed foi recebido pelo xeque Mohamed bin Zayed al Nahyan, príncipe herdeiro de Abu Dhabi e vice-comandante supremo das Forças Armadas dos Emirados Árabes Unidos.

Cooperação financeira e política

Foi relatado que os dois líderes chegaram a acordos oficiais em quatro novas parcerias políticas e analisaram sete iniciativas estratégicas. Na agenda havia uma política para lançar uma moeda digital para facilitar o comércio interbancário entre os dois países.

Os detalhes da moeda digital emitida em conjunto foram revelados pelo Banco Central dos Emirados Árabes Unidos (UAECB) e pela Autoridade Monetária da Arábia Saudita (SAMA) em janeiro deste ano.

A discussão desta quinta-feira se situa na política das principais parcerias entre os países - juntamente com acordos que incluem a construção de uma grande nova refinaria de petróleo com capacidade diária de 1,2 milhão de barris e a cooperação para segurança cibernética.

O The National cita a cobertura da imprensa da agência de notícias saudita Spa, que supostamente declarou que os Emirados Árabes Unidos consideram a Arábia Saudita como sua "válvula de segurança", que carrega "a bandeira da defesa de seus interesses contra todas as aspirações e projetos que visam dividir a unidade árabe".

Em Riad nesta semana, funcionários de bancos de ambos os países se reunirão para discutir desafios e oportunidades em seus respectivos setores financeiros, relata o The National.

Moeda digital restrita ao uso interbancário

Como o Cointelegraph relatou, a moeda digital UACEB-SAMA se chama "Aber" e será limitada a acordos financeiros usando tecnologias de ledger distribuído "em base probatória e uso exclusivo por um número limitado de bancos nos dois países".

À época, os bancos não deram uma data oficial de lançamento do projeto piloto da moeda e nada foi relatado na cobertura em inglês nesa quinta-feira sobre a reunião dos líderes.

A moeda Aber e os outros assuntos oficialmente discutidos em Abu Dhabi nesta quinta-feira fazem parte de um plano de cooperação bilateral de sete pontos entre os Emirados Árabes Unidos e o Reino da Arábia Saudita, negociado em uma reunião do Comitê Executivo do Conselho de Coordenação dos Emirados Árabes Unidos em janeiro deste ano.