Vice-ministro russo: Governo precisa de plataforma Blockchain focada na estabilidade

O vice-ministro russo das telecomunicações e comunicações de massa (Minkomsvyaz) afirmou que, para que a tecnologia Blockchain seja adotada em nível de governo, será necessário criar uma plataforma que não envolva mineração, informou a agência de notícias local RNS em 1 de março.

O vice-ministro Alexei Kozyrev declarou no início do fórum "Kritposredsa" que a implementação de um sistema Blockchain ajudaria a resolver o problema do armazenamento e proteção de documentos e formas de identificação a longo prazo. Ele acrescentou que, para atender a esses requisitos, a plataforma deveria ser "unificada e universal".

Kozyrev explicou ainda sua posição:

"As soluções existentes no Blockchain do ponto de vista organizacional são muito, muito instáveis. De acordo com dados da Tokendata, mais de 50% das plataformas Blockchain criadas já faliram ou desapareceram. Se estamos falando de como o governo adotará o Blockchain, obviamente, não podemos contar com plataformas criadas por organizações comerciais, porque essas plataformas são muito, muito pouco confiáveis. Desta forma, entendemos, que precisamos criar nossa própria plataforma para a tecnologia Blockchain."

O governo russo já avançou com iniciativas Blockchain no final do ano passado. No início de dezembro, o governo de Moscou iniciou um teste piloto sobre o uso do Blockchain para melhorar seus sistemas de votação locais e melhorar a transparência em sua iniciativa "Cidadão ativo".

Em 19 de dezembro de 2017, o banco estatal russo, Sberbankanunciou uma parceria com o Serviço Federal Antimonopolista da Rússia (FAS) para implementar a transferência e armazenamento de documentos via Blockchain.