Rússia: Universidade financeira vai armazenar diplomas via Blockchain

Uma universidade estadual na Rússia armazenará registros de diploma usando a tecnologia blockchain, anunciou a instituição em um comunicado oficial em 26 de junho.

De acordo com a declaração e um tweet da Universidade Financeira sob o governo da Federação Russa, a instituição registrou “todos os diplomas emitidos nos últimos dez anos” usando tecnologia de contabilidade distribuída. O objetivo relatado da mudança é que, a partir de setembro de 2018, os potenciais empregadores poderão verificar a autenticidade de qualquer diplomas digitais no site da universidade.

De acordo com a declaração, todos os diplomas adquiriram identificadores únicos criptografados com o algoritmo SHA-256, um Algoritmo de Hash Seguro que serve como base para o algoritmo de prova de trabalho (PoW) da rede Bitcoin (BTC).

A Universidade Financeira, sediada em Moscou, ficou em 5º lugar entre as universidades “mais fortes” da Rússia e é a primeira instituição de ensino superior do país a fornecer diplomas digitais criptografados publicamente usando a tecnologia blockchain.

Em outubro de 2017, o Instituto de Tecnologia de Massachusetts (MIT) tornou-se a primeira universidade do mundo a fornecer diplomas digitais usando blockchain.

O governo russo está prestes a aprovar seu projeto de lei relacionado a criptomoeda e blockchain, "On Digital Financial Assets" em 1 de julho. No final de maio, o parlamento russo aprovou por unanimidade a primeira de três leituras sobre os próximos regulamentos de criptos que definirá criptomoedas e tokens como propriedade e forneçerá instruções gerais para lidar com a criptomoeda e sua tecnologia subjacente, blockchain.