Russia: Blogger que se "gabou" sobre seus ganhos em criptomoedas foi espancado e roubado em $425k

Um investidor e blogueiro de criptomoedas russo conhecido na rede como Pavel Nyashin, foi atacado e roubado em sua casa em Oblast de Leningrado na noite de 14 de Janeiro. De acordo com a mídia local , os assaltantes roubaram fundos no valor de 24 milhões de rublos ($425.000).

Nyashin foi amarrado e espancado enquanto um grupo de assaltantes mascarados roubava um cofre contendo dinheiro e "documentos essenciais".

Nyashin, um milionário autodidata de investimento em moedas digitais, havia se "vangloriado" sobre sua riqueza on-line em reuniões de blogueiros bem conhecidos que ele costumava frequentar, informou em relatório a mídia local NTV .

O "cripto blogger" contou à NTV em um vídeo gravado:

"No final eles levaram o cofre, já que sabiam que havia dinheiro na casa. Era um montante equivalente a 24 milhões de rublos, bem como muitos documentos essenciais ".

O jovem de 23 anos natural de São Petersburgo já havia exposto seus sucessos on-line ao mesmo tempo que aconselhava sobre como senriquecer a partir de criptomoedas, de acordo com a NTV, que publicou uma manchete admonitória "Blogueiro milionário espancado e roubado por se gabar". De acordo com a central russa de notícias sobre criptomoedas ForkLog , Nyashin é o fundador do canal YouTube "crypto trading" que tem quase 15 mil assinantes.

O ForkLog também informou que os "bandidos" destruíram todos os equipamentos eletrônicos da casa de Nyashin e fugiram da cena do crime no que parecia ser um Mercedes.

NTV acrescenta que os agressores ainda removeram um laptop que costumava realizar transações. O próprio Nyashin ainda não descobriu se suas contas foram pirateadas e nem avaliou o dano total causado.

Um caso criminal foi instaurado por assalto à mão armada", diz relatórios da NTV.

Outros incidentes

A Cointelegraph informou anteriormente sobre o destino do CEO da agência EXMO, Pavel Lerner, que foi seqüestrado na capital ucraniana, Kiev, e só foi liberado o pagamento do resgate estipulado em $1 milhão no final do mês passado.

Antes disso, alguns oficiais ucraniano alegadamente tentaram roubar fundos de Anatoly Kaplan, fundador e CEO da ForkLog, em uma incursão em sua própria residência, bem como no escritório ForkLog, em Odessa.