Royal Bank of Scotland contrata ex-executivo da Circle para ser Gerente de projeto relacionado a fintechs

O Royal Bank of Scotland  (RBS) contratou um ex-executivo de criptomoedas que trabalhava na empresa finanças Circle , de acordo com um relatório publicado pelo Financial Times em 18 de junho.

Marieke Flament, que anteriormente trabalhou como diretora administrativa da Circle se juntará ao RBS como CEO da Mettle, seu serviço digital para pequenas e médias empresas (PMEs).

A Mettle está em operação desde novembro de 2018 e o RBS pretende lançar uma versão independente do serviço em agosto. Flament comentou sobre o potencial de ruptura financeira no setor de pequenas e médias empresas com a Mettle, dizendo:

“Há uma enorme oportunidade para a revolucionar os serviços bancários digitais das PME. O insight e o feedback obtido durante o estágio piloto mostraram que estamos em uma posição muito forte para capitalizar essa oportunidade através da Mettle ”.

Como relatado anteriormente pelo Cointelegraph, o Royal Bank of Scotland se juntou a um programa experimental em abril que usou a tecnologia blockchain para otimizar os pagamentos imobiliários. O teste supostamente usou uma ferramenta da startup Instant Property Network - baseada na plataforma de código aberto Corda do R3 - para cortar custos e oferecer mais transparência na aquisição de propriedades.

O executivo John Stecher, do Barclays, outro importante banco participante do programa comentou sobre o atual processo de compra de uma casa e toda a burocracia envolvida.

“Quando uma pessoa quer comprar uma casa o processo engloba toda uma série de diferentes interações com diferentes empresas e entidades governamentais que podem ser desconfortáveis ​​e esgotantess.”