Braço de arrecadação de recursos do Ripple anuncia investimento no XRPL Labs

O Xpring, braço de captação de recursos do Ripple, investiu no XRPL Labs - uma startup que desenvolve aplicações para o ledger do XRP, anunciou a empresa em uma publicação em seu blog nesta quarta-feira, 13 de fevereiro.

A diretora do Xpring, Vanessa Pestritto, anunciou que o Wietse Wind - um desenvolvedor de longa data do XRP e um dos três cofundadores do XRPL Labs - é um “empreendedor sério” que “com sucesso tem expandido suas empresas organicamente.” Segundo Pestritto, a decisão de investir na startup foi motivada pela estratégia criativa do Wind e pela capacidade de engajar os desenvolvedores.

Pestritto acredita que o financiamento ajudará o Wietse e seus sócios a dedicar mais tempo à construção de projetos baseados no XRP Ledger, que incluem a recente ferramenta do Wind para streaming de pagamentos de energia elétrica.

O valor exato do investimento não havia sido divulgado até a publicação dessa notícia.

O Wietse recentemente fez uma homenagem ao Xpring em seu Twitter, prometendo desenvolver mais “aplicativos XRPL matadores” em breve.

O Ripple anunciou recentemente a versão 1.2.0 do XRP Ledger, dedicado a melhorar a resistência do protocolo de censura.

No início desta semana, o Ripple, a Fundação Mastercard, o MIT Media Lab e o Barclays investiram na empresa de remessas SendFriend, que usa o produto xRapid do Ripple para pagamentos internacionais. A empresa conseguiu levantar US$ 1,7 milhão em sua primeira rodada de financiamento.

Outra notícia importante para os investimentos, este mês a Chainalysis, firma de inteligência blockchain com sede em Nova York, levantou US$ 30 milhões em uma rodada de financiamento de Série B liderada pela gigante de capital de risco Accel.

Também neste mês, a empresa blockchain de empréstimos baseada em São Francisco, a Dharma Labs, arrecadou US$ 7 milhões de vários investidores, incluindo a Green Visor Capital, a Coinbase Ventures, a Polychain Capital, a Passport Capital e a Y Combinator.