Reuters: Facebook se reune com autoridades britânicas antes do anúncio oficial do Libra

O Facebook supostamente encontrou autoridades britânicas e autoridades reguladoras, por três vezes, antes de anunciar publicamente os planos para o projeto cripto Libra.

Como a Reuters informou em 18 de setembro, o Facebook teve vários encontros com autoridades do ministério das finanças da Grã-Bretanha, entre elas estão a Autoridade de Conduta Financeira e o Banco da Inglaterra. A Reuters recebeu detalhes sobre as reuniões após enviar solicitações através de pedidos de transparência da informação.

Nas reuniões, o Facebook discutiu sua futura criptomoeda, Libra, em uma tentativa de obter apoio das autoridades antes do anúncio oficial.

Tentativas do Libra obter aprovação regulatória

O Libra tem tentado ativamente obter a aprovação dos reguladores de todo o mundo e prometeu não lançar sua stablecoin até que os reguladores estejam mais calmos. Um porta-voz do Facebook disse à Reuters:

“A discussão com reguladores, formuladores de políticas e especialistas é fundamental para o sucesso do Libra [...] Essa foi a razão pela qual o Facebook e outros membros da Libra Association compartilharam os planos com antecedência.”

O governador do Banco da Inglaterra, Mark Carney, argumentou anteriormente que o Libra, devido à enorme escala do projeto, deve ser virtualmente perfeito desde o início para que seja lançado. "É bem-sucedido ou não é. Se for bem-sucedido, torna-se sistêmico, pois envolveria um número muito grande de usuários. E se você é um sistema de pagamento sistêmico, é 5-sigma ", disse Carney.

Depois que o Facebook apresentou o white paper para o Libra no início deste ano, a representante dos Estados Unidos, Maxine Waters, solicitou que o Facebook interrompesse seu desenvolvimento enquanto as autoridades investigavam o projeto e seu possível efeito na economia e na política monetária dos EUA.

David Marcus, chefe da carteira Calibra, associada ao Libra, afirmou posteriormente que o Libra não seria lançado antes de abordar todas as questões regulatórias. Marcus também afirmou que acredita que eles podem melhorar o sistema atual, a fim de impedir que infratores usem o Libra para atividades ilícitas.

Suíça está aberta à regulamentação do Libra

No início de setembro, o Cointelegraph informou que a Libra Association, da qual o Facebook é membro, está buscando para o Libra uma licença de sistema de pagamento sob a Autoridade Supervisora do Mercado Financeiro (FINMA) da Suíça.

A FINMA disse mais tarde que está aberta à cooperação internacional e à supervisão da maneira como regula a rede de criptomoedas. O diretor da FINMA, Mark Branson, observou que a FINMA não precisa de pressão estrangeira para reconhecer os principais desafios que um projeto da escala do Libra coloca para os reguladores. Branson disse:

“Ficou claro desde o início que esse projeto poderia ter enormes dimensões e implicações.”