Retrospectiva 2019: Blockchain avança no Brasil e prepara-se para o mainstream

A tecnologia blockchain ganhou grande impulso no Brasil em 2019, com implantação nas mais variadas áreas, do sistema financeiro ao varejo. Agora, prestes a entrar em 2020, a tecnologia deve ver a ampliação de sua adoção e sua aguardada entrada no mainstream.

2019, ano das primeiras implantações

No decorrer de 2019, os casos de aplicação de blockchain noticiados pelo Cointelegraph Brasil trataram dos primeiros casos de adoção nas mais diversas áreas.

Na área financeira, o banco central do Brasil começou a realizar testes para a adoção de blockchain para transações entre governos e até mesmo outros países, destacando a importância da tecnologia por sua eficiência e segurança.

Neste ano, o governo brasileiro também começou a realizar testes em blockchain para o repasse de recursos a estados e municípios.

As aplicações da tecnologia podem ganhar também diversos procedimentos públicos. Neste ano, a IBM contribuiu, por exemplo, para a emissão das primeiras certidões de nascimento e casamento do Brasil em blockchain.

Já na área de cadeia de suprimentos, a adoção da tecnologia disparou em 2019. Da produção de café e laranjas até a carne bovina, a blockchain invadiu o varejo brasileiro, permitindo ao consumidor acompanhar a produção desde a origem até o destino final, com todas as informações do percurso gravadas e disponíveis em blockchain.

Nos portos, o Brasil também se destacou ao aderir à plataforma TradeLens, da IBM, que já faz parte de 50 portos na América Latina, entre eles os importantes portos de Santos (SP) e Fortaleza (CE).

2020: O ano do mainstream

Com tantas áreas começando a adotar blockchain, é inevitável pensar o que será da tecnologia do Bitcoin em 2020. Uma coisa é certa: os testes realizados em blockchain no Brasil em 2020 tiveram sucesso, o que deve preparar um salto de adoção para o próximo ano, com a reprodução dos testes realizados em mais aplicações e a sequência do suporte governamental à tecnologia.

Será o ano do mainstream para a blockchain no Brasil? Ao que tudo indica, sim. E você deve acompanhar cada passo deste caminho aqui no Cointelegraph Brasil em 2020.