Oficial do Reserve Bank da Austrália "não está convencido" da necessidade de dólar digital

Michelle Bullock, assistente do Reserve Bank of Austrália (RBA), disse que o banco não está convencido da necessidade de criar um dólar digital australiano, segundo o canal de notícias de negócios e finanças Australian Financial Review.

Falando na conferência bancária e financeira Sibos 2018 em Sydney, Bullock teria dito que está "interessada em considerar quais problemas essas tecnologias foram projetadas para resolver, [mas] em muitos casos eu simplesmente não vejo qual é o ponto."

Entre os benefícios “elogiados” que a moeda digital poderia oferecer aos bancos centrais, Bullock citou a possibilidade de ultrapassar tecnicamente o problema de política monetária do “limite inferior”, ao permitir que um banco central apoiasse taxas de juros negativas. Embora, ainda seja "uma ideia não testada e bem diferente", ela acrescentou.

Bullock disse que antes que o banco pudesse adotar razoavelmente um novo ativo como uma moeda digital, seria necessário um caso de uso comprovado para isso. Ela acrescentou que os proponentes de um dólar digital devem primeiro demonstrar por que os sistemas de pagamento atuais "não podem oferecer" os mesmos benefícios de um livro-razão distribuído. Ela afirmou:

"Não estou convencido de que tenha um uso."

Em relação ao ganho de eficiência associado à emissão de moedas nacionais em um livro-razão distribuído, Bullock disse que “não é material” em relação aos outros custos do sistema. O governador assistente afirmou que a moeda digital “certamente seria uma simplificação”, embora:

"Não é uma exigência, no sentido de que as ineficiências que estamos tentando resolver aqui não residem nessa última troca final de caixa em um sistema monetário digitalizado existente com títulos correspondentes - que na verdade é uma troca altamente eficiente e de alta velocidade."

Em junho, o banco central da Austrália negou que emitiria suas próprias moedas cripto, chamando o Bitcoin (BTC) de “fascinante” mas “ineficiente”. Tony Richards, chefe da política de pagamentos do RBA, afirmou que a emissão da ficha do banco “não é uma alta prioridade para nós, mas é algo em que continuamos a trabalhar.”

Também em junho, o diretor do Conselho do Banco Nacional Suíço (SNB), Thomas Moser, disse que as criptomoedas e a tecnologia blockchain são primitivas demais para considerar a emissão de uma moeda digital lastreada pelo Estado. Moser comparou o blockchain em sua condição atual com a “inovação inútil” dos discos compactos (CDs), afirmando que “algo semelhante tem que acontecer com o BTC. As pessoas só mudarão para algo novo se funcionarem melhor ou se forem mais baratas”.