Reportagem: Plataforma blockchain de empréstimo home equity arrecada US$ 65 milhões

A plataforma de empréstimos home equity baseada em blockchain Figure arrecadou US$ 65 milhões de várias grandes empresas financeiras e de capital de risco, informou o site de notícias de tecnologia TechCrunch em 27 de fevereiro.

A empresa, que foi fundada pelo ex-CEO e fundador da SoFi Mike Cagney, supostamente levantou os fundos de grandes empresas como Morgan Creek, DST Global, DCM, Ribbit Capital e Nimble Ventures. O investimento recente eleva o total de recursos arrecadados pela empresa para US$ 120 milhões, segundo a TechCrunch.

A nova firma de Cagney, que supostamente emitiu mais de 1.500 linhas de equity, está supostamente visando clientes mais antigos que são "fracos de dinheiro vivo e ricos em ações" ou "CLAREs", na sigla em inglês. A empresa atualmente empresta US$ 1,5 milhão por dia, número que Cagney espera dobrar a cada poucos meses, informa o American Banker.

O fundador disse ao American Banker: "No final de 2019, a Figure deve se parecer com uma plataforma financeira robusta que possa atender às necessidades de nossos clientes". Cagney também acrescentou que a Figure está se expandindo para outras áreas, como gerenciamento de riqueza, contas correntes e empréstimos ao consumidor sem garantia.

A antiga empresa de Cagney, a SoFi, está em parceria com a importante exchange cripto dos EUA Coinbase para implementar o suporte de trading de cripto. A parceria com a Coinbase permitirá que a SoFi lance serviços de cripto até o segundo trimestre deste ano. O CEO da SoFi, Anthony Noto, disse em uma entrevista:

“Nosso público-alvo quer ver qual é o preço da criptomoeda e comprá-la. Eles têm o desejo de fazer isso e, em muitos casos, já o estão fazendo.”

Noto assumiu o papel de CEO da SoFi após Cagney deixar o cargo em meio a alegações de assédio sexual em 2017. Cagney disse ao American Banker:

"Um dos maiores argumentos é que na SoFi, nós crescemos tão rápido e nunca entendemos que cresceríamos tanto, e a cultura nunca tomou um lugar de destaque. [Na Figure] temos uma preferência muito clara por uma política de "não ser m otário".