2017 de quebra de recordes levou a uma aceitação drástica de Bitcoin e altcoins pelo mainstream

Como a instituição de pesquisa de criptomoedas sem fins lucrativos, Neeraj K. Agrawal, da CoinCenter escreveu: 2017 foi o ano em que o Bitcoin e as criptomoedas ficaram populares.

Wall Street

Inúmeras grandes instituições financeiras têm suporte integrado ao Bitcoin, com bancos de investimento de elite como Goldman Sachs, contemplando a criação de balcões de negociação de Bitcoin em 2018. A Chicago Board Options Exchange (Cboe) e o CME Group, as duas principais bolsas de futuros do mundo, lançaram com êxito a negociação de futuros de Bitcoin no mês passado.

Coisas para se prestar atenção em 2018 em relação ao #Bitcoin: 1. Futuros de Bitcoin da Nasdaq 2. ETFs Bitcoin da NYSE 3. ETFs Bitcoin da Cboe 4. Escala/redução de taxas 5. Maior adoção devido ao ponto anterior 6. Muitos bilhões de dinheiro institucional chegando ao Bitcoin/cripto. Não é de se admirar que os analistas estejam tão otimistas!

A New York Stock Exchange (NYSE), o maior mercado de ações do mundo em termos de volume diário de negócios, apresentou pedidos de lançamento de dois fundos negociados em bolsa (ETFs) relacionados ao Bitcoin. A Cboe apresentou pedidos para lançar seis desses ETFs. Os futuros de Bitcoin são veículos de investimento estritamente regulamentados que podem oferecer aos investidores institucionais e investidores individuais de alto perfil acesso imediato ao mercado Bitcoin. Os ETF de Bitcoin, por outro lado, fornecerão fácil acesso ao Bitcoin para investidores de varejo e algumas classes de instituições que não negociam no mercado de futuros.

Ambiente regulatório

Em março de 2017, como a Cointelegraph informou a Comissão de Títulos e Câmbio dos EUA (SEC) rejeitou um pedido de Bitcoin ETF enviado pelos gêmeos Winklevoss, os primeiros investidores de Bitcoin comprovadamente bilionários, por causa da falta de regulamentação do mercado de Bitcoin. No entanto, o mercado global do Bitcoin e seu cenário regulatório mudaram drasticamente desde então. O governo japonês reconheceu o Bitcoin como uma moeda legítima enquanto outros grandes mercados como a Coreia do Sul introduziram regulamentos práticos para empresas e investidores locais de criptomoedas.

Ainsa mais importante, a SEC deixou a porta aberta para aprovação de um futuro ETF Bitcoin, caso os mercados de futuros de Bitcoin regulamentados se desenvolvam. Como tal, é altamente provável que os ETF Bitcoin sejam aprovados em 2018, uma vez que a Cboe e a CME provaram que o Bitcoin pode ser negociado em plataformas estritamente regulamentadas com a proteção adequada de investimento.

Grande mídia

As principais publicações de notícias em todo o mundo aumentaram drasticamente sua cobertura do Bitcoin e das principais criptomoedas no ano passado. Várias publicações de notícias, incluindo a CNBC e a Forbes, criaram canais de mídia específicos sobre criptomoedas para atender à crescente demanda por Bitcoin e outras moedas digitais.

Frenesi

Em alguns países se formou uma loucura por criptomoeda, visto que investidores de todas as idades começaram a se engajar no comércio de Bitcoin e de criptomoeda. Na Coreia do Sul a especulação em torno do mercado de criptomoeda atingiu tal ponto em que o primeiro-ministro sul-coreano, Lee Nak-Yeon, deu uma declaração pública sobre o repentino aumento na demanda por moedas digitais.

Há vários meses, o governo sul-coreano formou uma força-tarefa para elaborar regulamentos para cobrir o mercado de câmbio digital.

Regulamentos sobre o #Bitcoin do governo sul-coreano desta semana: 1. O governo vai impor regulamentos baseados na tendência global. 2. A lei especial elaborada para criptomoedas, *casas de câmbio não compatíveis com as políticas* não podem operar. 3. Abrir-se para o desenvolvimento da tecnologia Bitcoin/blockchain. Otimista.

Crescimento extraordinário das altcoins

Ao longo dos últimos meses, todo o mercado de criptomoeda experimentou uma tendência de mudança drástica à medida que as altcoins aumentaram de valor. A métrica "Domínio Bitcoin" atingiu um mínimo histórico de 37,3%, o que indica que a criptomoeda número um agora representa pouco mais de um terço da capitalização de mercado de todo o setor de moeda digital. Embora exista alguma controvérsia sobre o uso de números de capitalização de mercado para estimar o tamanho do mercado, está claro que o Bitcoin não é mais o único grande jogador. Moedas digitais alternativas como Ethereum e Dash cresceram mais de 100x em valor no ano passado.

O Ripple, em particular, teve uma manifestação espetacular ao longo de 2017, já que seu valor subiu de US $ 0,006 para US $ 2,38, um aumento de 360 vezes! Embora a avaliação atual do mercado de US $ 88 bilhões esteja sendo questionada por analistas como Ryan Selkis da ConsenSys, ele continua sendo a segunda maior moeda digital por capitalização de mercado.


Siga-nos no Facebook