Portugal se junta à Espanha e França na repressão ao dinheiro vivo e o Bitcoin se beneficiará

Portugal proibiu pagamentos em dinheiro vivo acima de € 3000 como parte de uma repressão sobre pagamentos anônimos.

Um novo pacote de medidas que entrou em vigor em 23 de agosto faz pagamentos acima do limite passível de multa de até € 9000.

"Para os contribuintes não envolvidos nos negócios, o limite e a multa são de € 10.000 e € 4500, respectivamente. O pagamento de impostos em dinheiro vivo em mais de € 500 também é banido".

As restrições sobre o dinheiro vivo vêm vários anos após movimentos similares da vizinha Espanha, no contexto de um foco de caixa de muitas grandes economias.

Especialmente notável este ano foram a desmonetização da Índia e o aumento dos controlos de caixa, juntamente com os planos da Austrália de tornar o dinheiro vivo ilegal já em 2022.

A Espanha, entretanto, reduziu a transação de caixa máximo permitida de um limite de € 2500, estabelecido em 2012, para apenas € 1000, em movimento alinhado com a França.

Crescimento do Bitcoin

Ao mesmo tempo, o interesse em Bitcoin em ambos os países está aumentando. A Espanha está contribuindo cada vez mais para a indústria Blockchain, com 4000 novos outlets de Bitcoin aparecendo em julho deste ano.

Enquanto isso, Portugal foi notável com a falta de uma posição oficial sobre a criptomoeda.

O banco central emitiu notas gerais de cautela em 2014, mas ainda está por atualizar sua posição para incluir instrumentos da moda, como ICOs.

Em junho, a Cointelegraph lançou uma versão dedicada do seu site em português para atender o crescente número de leitores tanto de Portugal quanto da América do Sul.