Por sustentabilidade, rede de hotéis Meliá deve adotar tecnologia blockchain no Brasil

A gigante hoteleira Meliá Hotels International deverá adotar o uso da blockchain a partir de 2020 como parte de uma campanha de sustentabilidade que vai utilizar a tecnologia em seu programa de recompensas.

A ideia é que os clientes da marca troquem seus pontos do programa de fidelização MeliáRewards por créditos de carbono, para compensar suas pegadas de carbono.

A rede Meliá conta com 12 unidades no Brasil, espalhadas em três cidades - São Paulo, Campinas e Brasília. A iniciativa posiciona a rede como a primeira companhia hoteleira do mundo a utilizar a tecnologia blockchain para reduzir ou compensar a emissão de carbono na atmosfera.

Sustentabilidade blockchain

Em parceria com a ClimateTrade, plataforma espanhola que atua no mercado de créditos de carbono com o auxílio da tecnologia blockchain, o movimento faz parte da luta global contra as ações climáticas e pretende alcançar mais de 11 milhões de clientes do grupo, de acordo com o portal Blockchain Economía.

O projeto permitirá que os hóspedes do hotel resgatem seus pontos do MeliáRewards para adquirir créditos de CO2 e possam, assim, apoiar projetos certificados pelas Organizações das Nações Unidas (ONU) e que contribuam com a preservação do meio ambiente.

O combate às mudanças climáticas é um dos principais desafios da agenda pública internacional e é nesse contexto que a tecnologia blockchain surge como possibilidade para frear tais avanços.

Nas palavras de Gabriel Escarrer, vice-presidente executivo e CEO da Meliá Hotels International, o pioneirismo no uso da tecnologia é parte dos esforços da rede para a proteção do meio ambiente.

“Por esse motivo, vemos na aplicação da blockchain uma ferramenta excelente para promover os compromissos com o meio ambiente e convidar nossos clientes e a indústria hoteleira a continuarem unidos no esforço de proteção da nossa ‘Grande Casa’”.  

O sistema do ClimateTrade funciona por meio da criptomoeda Climatecoin, um token emitido para trocar créditos de carbono certificados, de forma rápida e segura.

Hotel 'mais sustentável' do mundo

Considerado o principal grupo hoteleiro espanhol e um dos 20 gigantes mundiais em número de habitações, a rede de hotéis é conhecida por seu compromisso com a tecnologia e a sustentabilidade.

Alinhado aos Objetivos de Desenvolvimento Sustentável da ONU, o grupo foi escolhido, em 2019, como a empresa hoteleira mais sustentável do mundo, pela agência de investimentos sustentáveis RobecoSAM.

No Brasil, a Meliá Hotels Brasil foi eleita, em 2015, como a melhor rede do país, pela Associação Nacional dos Editores de Turismo (ANETUR). Dentre os critérios de escolha, a companhia se destacou pelo desempenho comercial e capacidade de inovação.