Pompliano diz que previsão do Bitcoin atingir US$ 100.000 é conservadora

Antony Pompliano, fundador da empresa de investimento em blockchain Morgan Creek Digital, afirmou em entrevista à CNN que sua previsão de que o Bitcoin vai atingir US$ 100.000 em 2021 é conservadora.

Tem havido muitas previsões relacionadas ao mundo das criptomoedas sobre os preços dos ativos digitais ultimamente, e as que envolvem o Bitcoin estão ficando cada vez mais otimistas.

No momento, a criptomoeda mais importante no mercado está apresentando uma tendência de alta e chegou a atingir US$ 11.900,00.

O co-fundador da Morgan Creek Digital, gerente de ativos digitais, disse que sua previsão anterior, na qual ele afirmava que a BTC chegaria a US$ 100 mil nos próximos dois anos e meio, não é exagerada, mas é conservadora.

Durante uma nova entrevista para a CNN, Anthony Pompliano disse que os efeitos da decisão do Federal Reserve americano de cortar as taxas de juros pela primeira vez em mais de uma década provavelmente serão sentidos ao redor do próximo corte na recompensa dos mineradores de Bitcoin em maio de 2020.

Pompliano afirmou:

“Sempre que chegamos a períodos recessivos ou desacelerando o crescimento, os bancos centrais têm duas ferramentas. Eles podem reduzir as taxas de juros, o que eles fizeram ontem e podem imprimir dinheiro, flexibilização quantitativa. E quando eles fazem as duas coisas, geralmente leva de seis a 18 meses para realmente sentirmos o efeito dessas ferramentas.”

Pompliano continuou e explicou que os efeitos das novas medidas econômicas vão coincidir com o próximo halving do Bitcoin - momento em que a recompensa gerada para os mineradores para cada bloco minerado cairá de 12.5 BTCs para 6.25 BTCs .

Ele acredita que o corte nas taxas de juros, a impressão de mais dólares pelo governo americano e a estrutura sistemática que o Bitcoin possui levará o ativo digital a atingir preços mais altos por um longo período de tempo. Segundo Pompliano, o fornecimento fixo de Bitcoins se tornará a base para o crescimento do ativo digital mais importante nos próximos anos.

Além disso, outro fator que pode ajudar na adoção desta nova tecnologia é o uso do Bitcoin como reserva de valor por bancos centrais. Conforme reportado pelo Cointelegraph, Pompliano também acredita que bancos centrais vão começar a acumular Bitcoin quando o dólar começar a apresentar riscos num futuro próximo.