Enquete: 63% dos executivos não conhecem a tecnologia Blockchain

Em uma pesquisa com investidores institucionais pelo Global Blockchain Business Council (GBBC), 63% dos entrevistados acreditam que executivos de alto escalão têm pouca compreensão da tecnologia blockchain. A Cointelegraph adquiriu uma cópia do estudo em 22 de janeiro.

Em dezembro e janeiro, a empresa de pesquisa de mercado PollRight entrevistou 71 investidores institucionais, incluindo private equity, hedge funds e fundos de pensão em nome da GBBC - uma associação comercial do ecossistema blockchain.

Embora a maioria dos entrevistados acredite que executivos de alto escalão não entendem de blockchain, 30% consideram seu conhecimento da tecnologia emergente como "médio". Os 7% restantes descreveram o entendimento do executivo sênior de blockchain como "bom".

Além disso, 76% dos entrevistados afirmaram que não acreditam que os executivos de grandes empresas estejam comprometidos com o blockchain, mas esperam que os gastos globais com a tecnologia blockchain aumentem 108% em 2019.

33% dos entrevistados acreditam que, em dois anos, a aplicação do blockchain nos serviços financeiros e no sistema bancário aumentará drasticamente. Os participantes da pesquisa também identificaram a identidade digital e a saúde como campos que serão significativamente afetados pela tecnologia blockchain.

Como a Cointelegraph relatou anteriormente, alguns cripto bulls esperam que a demanda institucional por criptomoedas impulsione o setor em 2019. Em outubro, Mike Novogratz, um ex-sócio do Goldman Sachs e fundador do banco de criptos Galaxy Digital, disse que a demanda institucional trará o Bitcoin (BTC) para novos máximos no primeiro ou segundo trimestre de 2019.

No entanto, no mês passado, a Bloomberg informou que as principais instituições de Wall Street estavam atrasando os planos para entrar no espaço cripto, enquanto os valores das principais criptomoedas continuam caindo no novo ano. Funcionários disseram à Bloomberg que o Goldman Sachs, o Morgan Stanley e o Citigroup desistiram de seus planos de trabalhar com as criptos até o momento em que a demanda for maior.