Programador Pieter Wuille revela nova linguagem de programação para criar smart contracts no Bitcoin

O programador Pieter Wuille anunciou uma nova linguagem de programação projetada especificamente para o uso de contratos inteligentes na blockchain do Bitcoin. A novidade foi postada no Twitter do programador.

A nova ferramenta somente foi publicada depois de realizados todos os testes de segurança. Wuille afirmou que " não estava confortável em publicar o código até que tivéssemos feito testes significativos contra as regras atuais de consenso e padronização do Bitcoin. Estamos lá agora."

Postado na segunda-feira para a lista de discussão de desenvolvedores de Bitcoins, a linguagem "Miniscript" tem como objetivo tornar mais fácil para os programadores escreverem "contratos inteligentes" ou condições para gastar Bitcoins. Os programadores Wuille, Andrew Poelstra e Sanket Sanjalkar trabalham no código há cerca de um ano, disse Wuille.

Embora tenha sido compartilhado a partir dos bastidores, Wuille disse que está postando na lista de e-mails porque agora é atingido "um estágio em que eu gostaria de chamar mais atenção".

A nova programação é novidade quando se trata de dinheiro digital, já que antes do Bitcoin não era possível implementar tais regras sem confiar em um banco ou em um tipo similar de intermediário.

O Miniscript baseia-se no Script e é capaz de compilar o código para o idioma nativo do Bitcoin.

A nova linguagem foi bem recebida pelos desenvolvedores da comunidade. Rusty Russell, engenheiro da rede Lightning da Blockstream postou no Twitter: “Este será um desses 'Como diabos fizemos isso antes?'!".

A rede Bitcoin é suportada por um software open source que está sempre em desenvolvimento. Como reportado pelo Cointelegraph, um outro programador do Bitcoin - Bryan Bishop - defende a idéia de criar um mecanismo que funcionasse como um 'cofre', aumentando a segurança da rede.