Censura do Paypal ao Pornhub faz o preço do Verge (XVG) subir 33% e o volume de trading dispara em 168%

O Verge (XVG) teve um crescimento de 33% nas 24 horas seguintes ao movimento do Paypal de deixar de servir o site de entretenimento adulto Pornhub.

O XVG - cujos criadores fecharam um acordo com o Pornub em abril de 2018 - disparou em valor desde que as notícias do PayPal foram divulgadas em 14 de novembro, como mostram os dados da Coin360.

XVG price 7-day chart

Gráfico de preços de 7 dias do XVG. Fonte: Coin360

Aumento de 168% em volume de negociação em 24 horas

A rede XVG usa redes focadas no anonimato, como Tor e I2P, além de camadas adicionais de criptografia para reforçar a segurança. A moeda ocupa a 66ª posição entre as maiores criptomoeda por capitalização de mercado globalmente e está sendo negociado a US$ 0,005086 até o momento desta publicação.

Os volumes de negociação dispararam: em comparação com os US$ 6.806.206 em 14 de novembro, o volume negociado no dia 15 é de US$ 18.244.214 - um aumento de 168%.

De acordo com as informações do 2018 Year in Review, o Pornhub, que afirma ser o maior site de entretenimento adulto do mundo, relatou 4,79 milhões de novos vídeos enviados por amadores, modelos e parceiros de conteúdo, gerando 30,3 bilhões de pesquisas - ou 962 por minuto.

Quando o Pornhub começou a aceitar pagamentos pelo Verge em abril passado, o vice-presidente do Pornhub, Corey Price, argumentou que “a história provou que a indústria do entretenimento adulto desempenha um papel crítico na adoção de tecnologias inovadoras”.

Moeda resistente à censura

Com as plataformas legadas abandonando o projeto - sem motivo declarado - os especuladores evidentemente contam com a situação da grande indústria que fortalece as perspectivas do token.

Em agosto de 2018, o Pornhub firmou uma parceria com a PumaPay, startup de pagamento e cobrança de criptomoedas para permitir que seus usuários façam pagamentos em mais criptomoedas para assinaturas de sites, incluindo o PornHub Premium.

Como o Cointelegraph informou na quinta-feira, o PayPal dava suporte a pagamentos para modelos do Pornhub, alguns dos quais revelaram que o PayPal os colocou na lista negra independentemente por anos antes de deixar de prestar serviços ao Pornhub.