Pantera Capital lidera rodada de sementes de US$ 5 milhões de startup de derivativos descentralizada

A Pantera Capital liderou uma rodada de semesntes estratégica de US$ 5 milhões do protocolo de derivativos descentralizados Vega.

De acordo com o anúncio publicado em 3 de outubro, a rodada incluiu participantes como o ramo de investimento da Ripple, a Xpring, Hashed, NGC Ventures, gumi Cryptos Capital, Rockaway Blockchain, KR1, Eden Block, Focus Labs, Greenfield One, Monday Capital, RSK Ecosystem Fund, ao lado de um grupo de investidores privados não identificado.

Contra “especulação, monitoramento e controle” por parte de players privilegiados

De acordo com o anúncio, a Vega está atualmente focada no design e na implementação de seu protocolo principal para negociação de margens descentralizada segura e sem custódia.

O software tem como objetivo desintermediar a negociação de derivativos - nas palavras da empresa, eliminar os "intermediários que buscam aluguel endêmico dos mercados de capitais tradicionais" e substituí-los por mecanismos ponto a ponto.

Como uma solução da Segunda Camada, o sistema será projetado de forma diferente dos mercados descentralizados existentes, com base em blockchains da Primeira Camada, como Bitcoin (BTC) e Ethereum (ETH). Em comunicado, o fundador e acionista da Vega Holdings, Barney Mannerings, enfatizou:

“Apoiamos o direito de colaborar e negociar livremente. Instituições privilegiadas e porteiros mantêm por muito tempo o sistema financeiro rígido e fraudulento a seu favor. Não é desejável nem necessário que os participantes do mercado estejam sujeitos a lucro, monitoramento e controle por essas instituições privilegiadas.”

Descentralizando o financiamento

As principais inovações do software da Vega incluirão um sistema de negociação de ponta a ponta totalmente automatizado, projetado para reduzir as despesas operacionais, sistema de recompensas para criadores de conteúdo e criadores de mercado, derivados de taxas pagas pelos participantes do mercado e uma cadeia lateral (sidechain) focada na negociação com supostamente 10–100x execução mais rápida que a blockchain de uso geral.

Como o Cointelegraph relatou recentemente, a Pantera acabou de participar de uma rodada inicial de US$ 2,4 milhões para a startup de finanças descentralizada InstaDApp, desenvolvedora de uma camada de carteira inteligente mediadora que visa reduzir o custo de realizar transações financeiras.

A Ripple também adquiriu recentemente a plataforma de pagamentos Logos Network. Como parte da Xpring, a equipe por trás da Logos explorará um sistema DeFi configurado para alavancar o token XRP.