Relatório indica que 0,023% das wallets controlam mais de 50% de todo o Bitcoin já emitido no mundo

Segundo dados divulgados pela PARSIQ, empresa de monitamento e compliance em blockchain, há uma concentração de riqueza enorme entre as criptomoedas, em especial nas maiores delas, como Bitcoin, Bitcoin Cash, Ripple e Litecoin.

De acordo com a pesquisa, reproduzida pela CCN em 18 de agosto, apenas 0,023% das carteiras de Bitcoin existentes detêm mais de 50% de todo o BTC já emitido no mundo.

 

Bitcoin Accumulation Stats

Embora usuários de redes sociais tenham alegado que os dados não são reais pois também englobaria exchanges e custodiantes, a empresa saiu em defesa do relatório e disse que nada mudaria se os endereços destas empresas fossem retirados do levantamento.

"Mesmo quando tiramos os endereços enormes de propriedade das exchanges de nossa análise, a concentração de riqueza ainda é muito alta, muito maior do que a riqueza global. Neste clube exclusivo da elite das criptomoedas, as exchanges são apenas uma parte minoritária", disse Andre Kalinowski.

Segundo Kalinowski é preciso levar em conta também que se uma exchange ou serviço detém a chave privada de seus bitcoins, então, na verdade, é ela que é a dona de suas criptomoedas.

“Ao contrário dos bancos, que são segurados contra roubos e hacks, as exchanges controlam efetivamente seus ativos, já que eles possuem as chaves privadas e há pouco recurso real se seus criptoativos são perdidos ... Então, realmente, eu diria, são as pessoas que possuem Bitcoin, deixem em exchanges, são eles que têm o controle final de quaisquer ativos depositados lá.”

 

concentração de riqueza em bitcoin

Ainda segundo ele, os dados revelam que a concentração de riqueza no setor de criptomoedas é ainda maior que na economia tradicional.

“Criptomoedas são um jogo de soma zero, se alguém ganhar, então significa que alguém perde - embora não devamos ter medo disso, porque é o mesmo nos mercados financeiros também. Acreditamos que a verdadeira ameaça é a falta de transparência e responsabilidade no mercado de criptomoedas - que as chamadas "baleias" podem manipular o mercado em seu benefício sem que ninguém saiba", argumentou Kalinowski.

Como reportou o Cointelegraph, a PlusToken, uma pirâmide financeira com Bitcoins, é apontada como possível responsável pela recente queda no BTC devido a uma venda massiva de Bitcoins realizada pela empresa.

No total, segundo a PeckShield, especializada no monitoramento de transações de bitcoins, a suposta pirâmide já teria arrecadado mais de 201.784 Bitcoins dispersos em três carteiras.