Nvidia relata aumento na receita anual, mas prejuízos no quarto trimestre após 'ressaca' da criptomoeda

A Nvidia, fabricante norte-americana de jogos e hardware para computador, apontou que teve ganhos na receita anual, confirmou a empresa em um comunicado de imprensa sobre seus resultados do quarto trimestre, divulgados em 14 de fevereiro.

A Nvidia, que foi uma das empresas mais afetadas pela crise no mercado de criptomoedas e pela falta de demanda de equipamentos para mineração, disse que sua receita total em 2018 subiu 21% em relação aos números de 2017, indo para 11,72 bilhões de dólares.

O crescimento foi impulsionado pelos recordes históricos de vendas de seus jogos, datacenter, visualização profissional e produtos automotivos.

As ações da Nvidia saltaram 8% nesta semana com a divulgação dos números, que, no entanto, apresentaram um retrato menos dinâmico do desempenho no quarto trimestre. A receita caiu 24% em relação ao mesmo trimestre do ano anterior, para US$ 2,24 bilhões.

Comentando as estatísticas, o fundador e CEO da Nvidia Jensen Huang ressaltou a volatilidade do mercado.

"Este foi um fim turbulento para o que foi um ótimo ano", disse ele, acrescentando:

"A combinação de excesso de estoques de canais pós-cripto e as recentes condições de deterioração do mercado final levaram a um trimestre decepcionante".

Como a Cointelegraph informou, a Nvidia havia alertado sobre o impacto dos problemas de mineração em sua linha de fundo ao longo do segundo semestre do ano passado. O hashate da rede Bitcoin (BTC) começou a melhorar neste ano depois de cair fortemente no início de dezembro.

No início deste mês, pesquisas afirmaram que apesar de tudo, a Nvidia conseguiu acumular 1,35 bilhão de dólares a mais em receita em criptomoeda do que relatado anteriormente.