Nova York nega BitLicense da Bittrex por compliance inadequado

O Departamento de Serviços Financeiros de Nova York (NYDFS) negou um pedido de BitLicense da exchange de criptomoedas Bittrex nesta quarta-feira, 10 de abril.

Em uma carta ao CEO da Bittrex, Bill Shihara, o NYDFS explicou que a exchange tinha políticas e controles inadequados em relação aos padrões de Anti Lavagem de Dinheiro (AML), Know Your Customer (KYC) e Office of Foreign Assets Control (OFAC).

A Bittrex solicitou sua BitLicense - licença necessária para conduzir negócios relacionados a moedas virtuais no estado de Nova York - em agosto de 2015. A Bittrex operava sob os termos de um “porto seguro” permitido pelo NYDFS enquanto o regulador considerava sua aplicação.

De acordo com o NYDFS, foram emitidas diversas cartas de compliance à Bittrex “para tratar de deficiências contínuas e para ajudar a Bittrex a desenvolver controles apropriados e programas de compliance compatíveis com a natureza evolutiva do setor.”

O NYDFS ordenou à Bittrex que cessasse todas as operações comerciais no estado de Nova York até amanhã, 11 de abril. A Bittrex também deve enviar uma carta ao NYDFS dentro de 14 dias, confirmando que fecharam as operações no estado.

Em um comunicado divulgado ontem após a reapresentação do Token Taxonomy Act no Congresso dos Estados Unidos, os legisladores pró criptomoedas notaram a necessidade de políticas que promovam a inovação na indústria cripto. Eles também caracterizaram as políticas monetárias digitais de alguns estados, como Nova York, como “onerosas” e “pesadas”.