Nova pesquisa indica que empresas não estão preparadas para implantar a tecnologia Blockchain

Um novo estudo revelou que, embora as empresas estejam considerando a adoção do blockchain, no geral, elas não se sentem preparadas para implementar a tecnologia. A pesquisa foi conduzida pela empresa de desenvolvimento de software Globant e publicada em 19 de fevereiro.

O relatório diz que 64% das organizações têm a intenção de investir em soluções blockchain para melhorar suas operações internas, enquanto apenas 46% dos entrevistados se sentem prontos para implantar a tecnologia.

Dos 61% das organizações que já pesquisam blockchain, apenas 28% escolheram um provedor de blockchain. De acordo com a pesquisa, a maioria dos tomadores de decisão ainda está investigando a tecnologia e comparando os fornecedores, e ainda não definiu sua posição sobre a tecnologia blockchain.

Diego Tartara, CTO da América Latina na Globant, disse: "A implementação do Blockchain é diferente para cada organização, então é imperativo para os líderes de negócios terem uma idéia unificada de como será sua integração. A tecnologia, como tal, geralmente requer uma mudança de paradigma para adotá-lo, assim, compartilhar os principais objetivos para a tecnologia é fundamental para uma integração bem-sucedida do blockchain."

Para preparar o estudo, os pesquisadores entrevistaram 679 tomadores de decisão de nível sênior empregados nas áreas de marketing, TI e operações nos Estados Unidos durante o primeiro trimestre de 2018.

No início deste mês, uma pesquisa do TD Bank revelou que 90% dos profissionais de tesouraria e finanças acreditam que a tecnologia blockchain e ledger distribuída (DLT) afetará positivamente a indústria de pagamentos. Segundo a pesquisa, apenas 14% dos entrevistados disseram que sua organização possui estratégias de treinamento para blockchain.

Uma pesquisa do Conselho Global de Negócios Blockchain, publicada em janeiro deste ano, revelou que 63% dos entrevistados acreditam que executivos de alto escalão têm pouca compreensão da tecnologia blockchain. 30% consideram seu conhecimento da tecnologia emergente como "médio". Os 7% restantes descreveram o entendimento do executivo sênior de blockchain como "bom".