Novo estudo da Longhash mostra a volatilidade do Bitcoin aumenta das nove às dez da noite do Brasil

Um novo relatório da empresa de análise de blockchain Longhash mostrou que o preço do Bitcoin apresenta uma maior volatilidade entre nove e dez horas da noite (horário de Brasília).

Grande parte dos traders procuram o horário de maior volatilidade para negociar em busca de maiores lucros. O relatório então mostra que o horário de negociação mais volátil do Bitcoin é entre meia-noite e 1:00 UTC, ou seja entre 21:00 e 22:00 na maior parte do território brasileiro. 

O coletivo de análise de dados usou o Crypto Data Download para analisar dados comerciais da exchange americana Coinbase de 6 de julho de 2017 à 2 de julho de 2019. A equipe observou a volatilidade horária para cada hora de cada dia e comparou os dados colhidos na faixa de maior volatilidade com as 23 horas restantes.

O horário noturno brasileiro mostra-se especialmente volátil para o Bitcoin, com mais altos e baixos do que qualquer outra faixa horária do dia. Concomitantemente, o período também corresponde ao início da noite na América do Norte e ao início da jornada de trabalho de 8 horas na Ásia.

Os números mostram que os traders da Ásia respondem ao mercado cripto ainda na madrugada, enquanto os operadores norte-americanos tentem a observar e seguir a reação dos comerciantes asiáticos.

O gráfico também mostra que não existe hora do dia “perfeita” para negociar o Bitcoin, e o conjunto de dados dos últimos dois anos também sugere que outro horário com muita volatilidade é da meia noite até as nove da manhã (BRT). A Longhash adverte que as diferenças são pequenas entre ambos, e aconselha que os operadores não apliquem as informações à sua estratégia diária de negociação.

Finalmente, o relatório sugere que investidores comuns não tentem prever os movimentos diários do mercado quando tomarem decisão sobre uma negociação.

Conforme reportado pelo Cointelegraph, o último estudo da Longhash mostra que uma estratégia a longo prazo é a melhor maneira de investir no mercado cripto.