Jul 18, 2019

Parceria de NEO e Ontology visa plataforma global blockchain de cadeia cruzada

311 Total views
3 Total shares

As plataformas chinesas de blockchain Ontology e NEO estão se associando para criar um protocolo interoperável em uma tentativa de estimular o desenvolvimento da próxima geração da internet

Um comunicado de imprensa compartilhado com o Cointelegraph em 18 de julho revelou que as duas empresas de blockchain pretendem construir uma plataforma aberta e global de cadeia cruzada baseada em um protocolo de interoperabilidade que aproveitaria os pontos fortes das duas empresas.

Ao reorientar o foco de suas respectivas estratégias para a tarefa de interoperabilidade plena, a NEO trabalhará para desenvolver protocolos e componentes que possam suportar um espectro completo de ativos digitais e a Ontology continuará a construir sua estrutura de identidade descentralizada.

Principais características do protocolo de interoperabilidade NEO e Ontology

O comunicado de imprensa revela quatro aspectos fundamentais do esforço de interoperabilidade das empresas, observando primeiro que o trabalho de desenvolvimento terá como objetivo estabelecer uma “abordagem ecológica das cadeias que são membros”. Isso significa que - para proteger as cadeias-membros da assim chamada canibalização - o protocolo não emitirá tokens, nem incluirá um sistema de contrato inteligente dedicado.

Um segundo ponto é a ambição de estabelecer uma barreira baixa para a entrada - ou seja, não exigir que os projetos de blockchain existentes desenvolvam novas camadas de protocolo ou outras modificações em uma tentativa de simplificar sua integração de perspectiva.

Terceiro, o protocolo buscará alcançar a finalidade e a atomicidade em transações cruzadas e se concentrará na expansão do escopo de aplicativos descentralizados (DApps), apoiando interações inteligentes entre contratos inteligentes.

Por fim, as duas empresas se comprometem a se concentrar na otimização da segurança para transações e interações entre cadeias, mas ainda não revelaram detalhes específicos dos mecanismos de segurança técnica e operacional que estão planejados para a implementação.

O impulso global para a interoperabilidade blockchain

Os fundadores de ambas as empresas enfatizaram em suas respectivas declarações que uma abordagem colaborativa é o primeiro passo para construir a base para uma plataforma global de cadeia cruzada que possa integrar diversos projetos e empresas do setor e lidar com aplicações da vida real.

No mês passado, a incubadora de Ethereum Classic (ETC) ETC Labs revelou planos para criar uma solução para a interoperabilidade do Ethereum (ETH)/ETC em colaboração com a Metronome (MET).

Um relatório preparado pela ConsenSys, empresa de tecnologia blockchain, e publicado pelo Observatório e Fórum Blockchain da União Europeia em março deste ano, recomendou a introdução de padrões de interoperabilidade e escalabilidade para o setor europeu de blockchain.

Siga-nos no Facebook

Escolha do editor
Press Releases