Misterioso e repentino disparo de buscas por 'BTC' pode estar ligado ao furacão Dorian

Buscas na Internet sobre o que parece ser o preço do Bitcoin "BTC" atingiram altas sem precedentes, revelam novos dados do Google Trends.

Entre 29 e 31 de agosto, as pesquisas por BTC em todo o mundo dispararam de um valor de 2 para 64 (em 30 de agosto) e chegou ao nível máximo de interesse de pesquisa, indicado por um valor de 100.

Já em 3 de setembro, o valor caiu para 74 - ainda que o aumento repentino nas pesquisas por BTC pareça ainda mais incomum, uma vez que as pesquisas por "Bitcoin" permaneceram praticamente no mesmo nível de 8.

Internet searches worldwide for “BTC” and “bitcoin,” YTD

Pesquisas na Internet pelo mundo por “BTC” e “Bitcoin”, valor anual. Fonte: Google Trends

Perspectivas

Os dados parecem ainda mais anômalos quando comparados com os dados históricos de pesquisa na Internet para "BTC" e "Bitcoin" nos últimos cinco anos. Como seria de se esperar, ambos os termos de pesquisa atingiram o maior nível histórico de todos os tempos durante o 'estouro da boiada' do Bitcoin do inverno de 2017.

Além disso, o "Bitcoin" superou significativamente (5 vezes) a popularidade da pesquisa do código "BTC" na época.

Internet searches worldwide for “BTC” and “bitcoin,” Sept. 2014-present

Pesquisas na Internet pelo mundo por “BTC” e “Bitcoin”, setembro de 2014-presente. Fonte: Google Trends

Uma espiral de interesse

O recente aumento no interesse por BTC não passou desapercebido. A revista americana de negócios Forbes publicou um artigo em 5 de setembro, afirmando que:

"Parece que as pesquisas no Google por Bitcoin e BTC, nome usado pelos traders para o token digital do Bitcoin, poderiam estar sendo manipuladas - possivelmente para fazer o preço do Bitcoin subir".

O artigo continua, citando pesquisas do canal de cripto Kryptografen, que afirmou que os dados indicaram que a Romênia havia tido o maior pico nas pesquisas por BTC globalmente e implicava que a intenção de manipulação poderia explicar a tendência inesperada:

"É razoável supor que alguém esteja por trás dessas mudanças radicais".

Porém, talvez exista uma explicação mais simples - e natural - por trás da popularidade repentina do token.

O ciclone tropical Dorian, que está atualmente causando estragos nas Bahamas, tornou-se um furacão em 28 de agosto, intensificando-se rapidamente para um furacão de categoria 4 em 31 de agosto e para a gravidade da categoria 5 em 1º de setembro.

"BTC" não é apenas o token da criptomoeda Bitcoin, mas também o nome de um grande provedor de telecomunicações nas Bahamas, a Bahamas Telecommunications Company (BTC).

Enquanto a tempestade continua devastando as ilhas, a mídia local tem reportado extensivamente a perda de redes de telecomunicações - principalmente da BTC - e as dificuldades que as vítimas de furacões estão enfrentando sem serviços móveis.

A cobertura da mídia sobre os dados do termo de pesquisa parece ser sintomática de uma voracidade para a reprodução da narrativa de manipulação aparentemente abundante nos mercados de criptomoedas - uma preocupação frequentemente citada pelos reguladores como base para atrasar sua aprovação para novos instrumentos de investimento no setor.