Criador do Ethereum, Vitalik Buterin diz que moedas fiduciárias e criptomoedas devem coexistir

O criador do projeto Ethereum, Vitalik Buterin, participou de uma entrevista com o PhD, cientista e diretor administrativo da Thiel Capital, Eric Weinstein, e afirmou que, em sua opinião, as moedas fiduciárias tradicionais não irão acabar.

Muitos analistas e defensores das criptomoedas costumam vender a ideia de que as moedas fiduciárias são inflacionárias e que, cedo ou tarde, esse modelo vai acabar. Mas Vitalik pensa o contrário.

Em debate sobre o liberalismo, Vitalik Buterin disse que os liberais pertencem principalmente a dois grandes grupos caracterizados como "me deixe em paz" e "conquiste o mundo".

Segundo ele, essa divergência pode ser transportada para as criptomoedas em termos de adoção em massa.

Vitalik destacou que há participantes na comunidade de criptomoedas que garantem que as moedas fiduciárias serão destruídas e substituídas pelo Bitcoin (BTC).

Buterin estimou que as perspectivas de qualquer "interrupção a curto prazo" em prol de algum "ganho nebuloso a longo prazo" são céticas. Ele disse:

"Definitivamente, não estou no campo que aprecia ativamente que as moedas fiduciárias serão destruídas."

Buterin acrescentou que vários membros da comunidade Bitcoin compartilham dessa idéia. Alguns chamam esse momento de hiperbitcoinização - quando o Bitcoin é adotado como moeda mundial em detrimento de todas as moedas nacionais.

Esses defensores do Bitcoin como única real e verdadeira criptomoeda são chamados de maximalistas. Ao contrário de Buterin, esses usuários "radicais" acreditam que não há espaço para diversos projetos de criptomoedas coexistirem no futuro.

Vitalik Buterin prevê que o Bitcoin e outras criptomoedas coexistirão com o dinheiro fiduciário e equilibrarão as desvantagens do sistema monetário clássico. 

Ele também acrescentou que as criptomoedas fornecerão freios e contrapesos contra o monopólio do governo sobre emitir dinheiro, em vez de substituir esse modelo por completo.

Buterin é conhecido como um defensor do pluralismo no futuro mundo das criptomoedas. Ele tem certeza de que diferentes comunidades defenderão seus projetos e que há espaço para a coexistência de diferentes criptomoedas.

O Ethereum acabou de passar por um processo de atualização crítico chamado "Instanbul". Como mostrou o Cointelegraph, a comunidade da rede Ethereum ficou apreensiva antes da atualização pois menos da metade dos nodes estavam prontos para a nova versão