A quatro dias da ativação da 'Istanbul', apenas 40% dos nodes da Ethereum estão atualizados

A rede Ethereum vai realizar um fork em sua rede neste sábado, mas a apenas quatro dias da atualização, menos da metade dos nós estão prontos.

Neste sábado, 7 de dezembro, a rede Ethereum irá ativar sua atualização chamada "Instanbul" mas apenas 40% dos nós da rede estão prontos para receber a atualização.Para que a nova versão seja adotada, todos os nós da rede precisam estar atualizados.

Até agora, apenas 38% dos nós que rodam a versão Geth da blockchain Ethereum e apenas 42% dos nós que rodam a versão Parity foram atualizados.

Segundo o site de monitoramento de blockchain Ethernodes, 1035 nós Geth foram atualizados, mas quase 1.700 não estão prontos. Nos nós Parity, 338 foram atualizados e quase 500 ainda não.

Existem cerca de 7.000 nós que podem ser monitorados pelo site, mas apenas metade deles parece estar ativo.

Apesar de os nós não atualizados não serem tão relevantes para a rede como um todo, este é um hard fork importante na rede Ethereum. Isso significa que nós que não foram atualizados não poderão continuar ativos depois de 7 de dezembro.

É comum que atualizações de projetos de blockchain tenham uma adoção lenta, mas a baixa porcentagem de nós atualizados da rede Ethereum pode sugerir que a comunidade não está muito empolgada com esta atualização.

Segundo especialistas, os mineradores adotaram a ideia de que algumas transações com taxas altas geram mais dinheiro do que muitas transações com taxas baixas.

No entanto, essas taxas estão bem baixas recentemente. Cerca de US$ 100.000 estão sendo pagos por dia na rede Ethereum. Em janeiro de 2018, a rede chegou a registrar mais de US$ 5 milhões por dia em taxas.

A rede Ethereum também está prestes a implementar uma nova tecnologia chamada "Sharding", que visa melhorar a escalabilidade da rede, mas nem todos estão empolgados com a nova técnica.

Como mostrou o Cointelegraph, o criador do BitTorrent acredita que o "sharding" é apenas um novo nome para o conceito de "full node".