Mike Novogratz: Não vendo mais o Bitcoin por US$ 14 mil - ele vai subir mais

Mike Novogratz, fundador do Galaxy Digital e entusiasta de cripto, previu que o Bitcoin (BTC) ainda tem um longo caminho a percorrer depois de seu atual "rali espetacular".

Com o preço do BTC circulando em torno de US$ 11.000, Novogratz disse à Bloomberg TV em 3 de julho que a alta da moeda em direção a US$ 14.000 e depois a correção para baixo era esperada como parte de seus movimentos históricos. Ele prevê que o mercado terá uma consolidação em torno da marca de US$ 10.000-14.000 por algum tempo antes que o impulso atual entre em sua próxima etapa e continuemos subindo.

"Acho que não vendo na próxima vez que chegarmos a US$ 14 mil", disse ele. “Acho que da próxima vez que chegarmos lá em cima, será mais perto de US$ 20.000 [...] eu não espero que seja nas próximas semanas, tampouco espere até o meio ou no final do quarto trimestre.”

O pioneiro dos bancos mercantis cripto disse que as movimentações parabólicas dos preços da criptomoeda foram motivadas por razões reais - apontando para a entrada do Facebook no espaço com Libra e o fato de gigantes de pagamentos como Visa e Mastercard terem se juntado ao consórcio Libra. Ele adicionou:

“As maiores empresas do mundo - também tivemos investimentos de doações de Yale, Harvard e Stanford. De repente, a questão em torno da institucionalização foi respondida”.

A longo prazo, Novogratz argumentou que o Bitcoin está conquistando seu nicho como ouro digital e que podemos esperar que ele atinja uma avaliação de US$ 40.000 e potencialmente muito maior ao longo do tempo.

Dada a atual capitalização de mercado do ouro físico de US$ 8,5 trilhões, o Bitcoin ainda tem um caminho a percorrer antes de recuperar, ele enfatizou - mas ressaltou que a moeda se tornou legitimada como um ativo real com uma oferta fixa e tecnologia robusta.

Novogratz contrastou o Bitcoin com outras moedas, como Ether (ETH) e XRP, sugerindo que estas últimas criptomoedas estão lidando significativamente com maior competição.

O fato de que as altcoins tenham tido um aumento menor de preço no atual mercado de alta é, portanto, um sinal de que o mercado se tornou mais racional, disse ele.

Tais projetos ainda precisam de tempo para construir a tecnologia que realizará suas aspirações - no caso da Ethereum, para se tornar um “supercomputador descentralizado da web 3.0”, escalável e eficiente o suficiente para adoção em massa. Ele previu, portanto, que estamos a dois ou três anos de ver o crescimento real na esfera altcoin.

Em uma breve observação sobre o estado atual da regulação de cripto, Novogratz enfatizou que os Estados Unidos não estão conseguindo acompanhar o ritmo do setor, mas que as entradas de Facebook, Visa e Mastercard servirão como um alerta mais inteligente - se não necessariamente mais - a regulação é necessária.

Conforme relatado, os novos comentários de Novogratz são consistentes com sua recente análise de que o BTC provavelmente permanecerá em uma consolidação em torno de US$ 10 a US$ 14.000, apesar de sua volatilidade no dia-a-dia.