App de mensagens Kakao investiu US$ 57 milhões no 4T de 2018 em novas tecnologias, incluindo blockchain

A gigante de internet e app de mensagens Kakao Corp, da Coréia do Sul publicou seu relatório do quarto trimestre de 2018. No documento constam as despesas operacionais com blockchain e Inteligência Artificial da companhia, informou o site de notícias coreano ZDNet nesta quinta-feira, 14 de fevereiro.

De acordo com o ZDNet, no 4T de 2018, o lucro operacional consolidado da Kakao foi de 4,3 bilhões de won coreanos (US$ 3,8 milhões). Ao mesmo tempo, as despesas operacionais da empresa relacionadas a novos negócios, como blockchain e AI, foram de 65 bilhões de won (US$ 57,5 milhões), o que resultou em um prejuízo líquido para a empresa no trimestre.

Conforme informado pelo News1 Korea, o vice-presidente executivo da Kakao, Bae Jae-hyun, confirmou que apesar das recentes perdas, a empresa continuará investindo em novas tecnologias.

De acordo com a agência de notícias coreana Yonhap, o lucro operacional da Kakao caiu 56% em 2018, apesar do recorde de vendas anuais, que cresceram 23% no ano, atingindo 2,42 trilhões de won (US$ 2,1 bilhões).

Como informado pelo Cointelegraph, em outubro de 2018 a Kakao apresentou a versão testnet de sua nova plataforma blockchain apelidada Klaytn, que tem previsão de lançamento no primeiro trimestre de 2019. A plataforma se concentrará em aplicativos descentralizados (DApps).

Em novembro de 2018, a Kakao estabeleceu uma subsidiária em Singapura para atrair investimentos estrangeiros com criptomoedas. A empresa esperava atrair cerca de 100 bilhões de won (US$ 88 milhões) em investimentos de capital de risco e investidores institucionais através da Klaytn em dezembro. No mês seguinte, o número de parceiros do Klaytn aumentou de nove para mais de 30.