CEO do Messari: transição para prova de participação do Ethereum 2.0 não irá acontecer até 2021

A transição para o algoritmo de prova de participação (PoS) do Ethereum (ETH) 2.0 não acontecerá até 2021, de acordo com previsão do CEO da empresa de análise de criptomoedas Messari em um painel no Ethereal Summit da ConsenSys nesta sexta-feira, 10 de maio.

Durante o painel intitulado "A Guerra dos Contratos Inteligentes Está Chegando", Ryan Selkis, do Messari, apontou os principais riscos associados à migração do Ethereum da prova de trabalho (PoW) para um algoritmo de consenso PoS, argumentando que os sistemas PoS "não funcionam como provas de trabalho". 

De acordo com Selkis, o atual algoritmo de consenso PoW do Ethereum 1.x, é “provavelmente muito bom e talvez até bom o suficiente”. O especialista elaborou que o algoritmo está bem estabelecido, sendo provado na última década com Bitcoin (BTC) e com o Ethereum nos últimos anos.

Selkis previu que o algoritmo PoW terá um status quo por “pelo menos dois ou três anos”, enquanto a transição do Ethereum para PoS “levará muito mais tempo do que qualquer um aprecia”. Ele declarou:

"Não espero que a prova de participação e o Ethereum 2.0 aconteçam antes do final de 2021, no mínimo."

A transição da blockchain do Ethereum de PoW para PoS é um dos eventos mais discutidos e antecipados na comunidade cripto. A mudança deve trazer mais escalabilidade, segurança e eficiência econômica. O PoS também é mais eficiente em termos de energia que o PoW.

Em 7 de maio, a empresa de desenvolvimento de sharding Prysmatic Labs informou que uma blockchain de teste do Ethereum 2.0 PoS havia sido lançada. Como desenvolvedores do Ethereum disseram no início de maio, a transição do primeiro estágio do Ethereum para um algoritmo de consenso PoS poderia ser concluída em 30 de junho de 2019.