Rede de testes blockchain de prova de participação do Ethereum 2.0 é lançada

A rede de testes da blockchain do Ethereum (ETH) 2.0 para Prova de Participação (PoS) está agora ativa. Preston Van Loon, cofundador da Prysmatic Labs, empresa de desenvolvimento de sharding, anunciou o desenvolvimento em um post no Medium nesta última terça-feira, 7 de maio.

O Ethereum 2.0 é uma nova chain Ethereum com melhorias em segurança, escalabilidade e descentralização. O Ethereum 2.0 não será introduzido na rede Ethereum atual por meio de um hard fork. Em vez disso, os usuários poderão transferir valor da atual chain Prova de Trabalho (PoW) por meio de um contrato inteligente unidirecional.

O anúncio também observa que os shards são um conceito central por trás do Ethereum 2.0. Os shards são cadeias individuais que gerenciam contratos inteligentes, transações e permanecem coordenados por uma cadeia raiz conhecida como beacon chain. No post, Van Loon explica as vantagens da implementação do sharding:

"A utilização de shards permite a escalabilidade horizontal do sistema, já que as transações podem ser processadas em paralelo, em comparação com a corrente atual da Prova de Trabalho do Ethereum."

Loon afirma que a rede de testes é publicamente acessível e possui links para um website de guia dedicado que explica como começar a participação. A versão atual da rede de testes não inclui suporte para contratos inteligentes, tem apenas um cliente e apresenta uma configuração diferente do que é esperado da mainnet ETH 2.0.

Os principais desenvolvedores do Ethereum já afirmaram na semana passada que o código para a transição do primeiro estágio para um algoritmo de consenso de PoS poderia ser concluído até o final de junho.

Como informado pelo Cointelegraph no início desta semana, o volume de Ether em aplicativos descentralizados (DApps) registrou uma nova alta no mês passado, mas os novos DApps que entram na cadeia são significativamente baixos.