Reportagem diz que maio se tornará o mês mais forte da negociação dos futuros de Bitcoin na CME

A CME Group, a segunda bolsa global a listar futuros de Bitcoin (BTC), está prestes a registrar o maior pregão para a negociação de futuros de BTC, informou a publicação The Block em 21 de maio, supostamente citando dados de um e-mail externo da CME.

A Chicago Mercantile Exchange supostamente revelou que o volume médio diário negociado de futuros de Bitcoins atingiu um novo máximo de 14.000 contratos apenas em maio de 2019.

Até o momento, 13 de maio teria sido o maior dia de negociação dos futuros de Bitcoin da CME, com a plataforma registrando 33.700 contratos no valor de US$ 1,35 bilhão em Bitcoin na época. A bolsa também revelou que o número de contas de futuros de BTC atingiu mais de 2.500.

Na reportagem, a CME também resumiu seus resultados totais de negociação de futuros de Bitcoin, alegando que a bolsa negociou mais de 1,6 milhão de contratos desde seu lançamento em dezembro de 2017, o que representa mais de US$ 50 bilhões em valor nocional.

Como publicado anteriormente, a CME Group tinha visto um crescimento maciço de futuros de Bitcoin em 13 de maio, o que representou um aumento de 50% em relação à alta anterior em 4 de abril. Por outro lado, a bolsa revelou anteriormente que seu lucro líquido caiu 17% no primeiro trimestre de 2019, apesar do aumento das receitas.

Os mercados de cripto viram recentemente a primeira grande movimentação de alta em 2019, com o Bitcoin subindo de um ponto de preço médio de US$ 4.000 para acima de US$ 8.000 desde 1º de abril, segundo dados da CoinMarketCap.

Nesta quarta-feira, o Cointelegraph informou que as principais exchanges cripto japonesas, incluindo Bitpoint, DMM Bitcoin e Coincheck, registraram um aumento de 200% na abertura de novas contas desde o final de março de 2019.