Sócia da Primitive Ventures afirma: 'manipulação do preço do Bitcoin através do Tether não é uma possibilidade'

A sócia-fundadora da Primitive Ventures, Dovey Wan, afirmou nesta semana que a narrativa de que "o preço do Bitcoin é manipulado através do Tether não faz sentido".

Depois da recente subida no preço do Bitcoin (BTC), muitos defenderam que o movimento foi causado por manipulação através da moeda estável em dólar Tether. 

Moedas estáveis - ou stablecoins - são criptomoedas lastreadas por ativos reais. No caso do Tether, a moeda estável é lastreada pelo dólar americano. A entidade que controla a moeda cria mais Tether de acordo com depósitos reais em bancos.

Na recente subida de preço do Bitcoin, um grande volume de Tether foi liberado pelo Tether Treasury. Logo após as notícias de impressão de Theter, os preços do Bitcoin começaram a ganhar ritmo. 

É possível acompanhar as impressões de Tether pelo Twitter, onde existem um perfil que monitora a inclusão de novas moedas pelo Tether Treasure.

Um aumento significativo na oferta de Tether foi observado nos últimos meses e, como esses aumentos na oferta coincidiram com a ascensão do preço do Bitcoin, muita gente questionou se havia relação entre as duas coisas.

As alegações contra o Tether continuaram a aparecer e muita gente ficou do lado da narrativa de que o rali do Bitcoin se deve principalmente à stablecoin. 

No entanto, o CEO da Kraken, Jesse Powell, recusou-se a juntar-se à gangue e refutou alegações de manipulação potencial de mercado numa entrevista à TD Ameritrade Network. 

Powell não está sozinho. A última figura das criptomoedas que se juntou ao grupo que não acredita na manipulação através do Tether foi Dovey Wan. 

Em uma série de tweets, a sócia da Primitive Ventures explicou que essas alegações estavam “complicando demais” uma operação simples, e que não existe “preço artificial inflacionado”.

Ao contrário das recentes afirmações, o crescimento da oferta de Tether é um indicador atrasado. Isso significa que a circulação do stablecoin aumentou após a injeção de preços do Bitcoin, e não o contrário, disse Wan. A empresária complementou:

“O crescimento da oferta de Tether é um indicador atrasado do preço do BTC e não um indicador de locação. É principalmente devido à demanda de entrada fiduciária e aumento das atividades comerciais.”

A empresária foi alvo de manchetes recentemente após fazer comentários sobre a criação do token LEO, da exchange Bitifinex, que causou alvoroço na comunidade de criptomoedas.