Homem em Michigan é processado por vender Bitcoins

De acordo com relatos da mídia local, um homem de Michigan chamado Bradley Anthony Stetkiw foi acusado pelas autoridades locais por operar um negócio de transmissão de dinheiro sem licença. As acusações foram arquivadas no Tribunal Distrital dos EUA.

Segundo o relatório, Stetkiw estava fazendo operações Bitcoin no valor de centenas de milhares de dólares sem o licenciamento adequado exigido para a corretagem monetária. Ele usava o site LocalBitcoins, e ia encontrar os seus clientes no restaurante Tim Horton, usando a alcunha "SaltandPepper".

Como parte de uma operação em que se passavam por clientes, agentes federais se encontraram com o comerciante e compraram mais de US $ 55.000 em Bitcoin ao longo de várias reuniões, com Stetkiw fazendo negócios de corretagem até com vendedores de fora do estado. Essas atividades são todas licenciadas por agências estaduais e federais.

A operação destaca a realidade de que o Bitcoin ainda está dentro de uma ampla "curva de adoção", pois o poder da moeda descentralizada é mitigado pelos perigos das atividades ilegais. Os governos, embora abracem o potencial de crescimento, continuam a manifestar preocupações com os riscos associados ao Bitcoin e outras criptomoedas.