Grande empresa asiática de capital de risco blockchain lança novo fundo de rastreio de Bitcoin

Importante empresa de capital de risco da Ásia focada em blockchain, a CMCC Global lançou um novo fundo institucional de rastreamento para o Bitcoin (BTC).

Custódia por uma empresa listada na Bolsa de Hong Kong

Chamado de Liberty Bitcoin Fund, o fundo de índice Bitcoin implementa o Anxone, uma solução de custódia desenvolvida pelo BC Group, empresa de ativos digitais e tecnológicos listada na Bolsa de Valores de Hong Kong, de acordo com um comunicado publicado em 17 de setembro.

Como uma das primeiras empresas de capital de risco da Ásia em blockchain, a CMCC Global, com sede em Hong Kong, iniciou o Liberty Bitcoin Fund em uma tentativa de fornecer acesso em nível institucional ao Bitcoin sem o ônus de comprar e proteger moedas, observa o comunicado de imprensa.

O novo fundo é aclamado como o primeiro de seu tipo na Ásia.

Seguro offline para proteção contra roubos

Conforme observado pela empresa, o Liberty Bitcoin Fund está disponível apenas para investidores credenciados e fornece liquidez semanal, enquanto os investidores podem receber declarações mensais de valor patrimonial líquido em dólares dos Estados Unidos, que podem ser usadas para registros internos de contabilidade e de impostos.

O fundo é regulamentado como um fundo mútuo nas Ilhas Cayman e oferece seguro abrangente armazenado offline para proteção contra roubo físico ou digital, explicou a CMCC Global.

O BC Group, dono de uma carteira de várias empresas de blockchain, incluindo a plataforma de negociação de criptomoedas Anxone e a OSL, corretora de ativos digitais, lançou sua solução de custódia proprietária em abril de 2019.

Conforme relatado pela plataforma de análise de blockchain Crystal em 11 de setembro, Hong Kong é um dos lugares do mundo com o maior número de exchanges de moedas digitais registradas, juntamente com Reino Unido, EUA e Cingapura.